Cofundador da Tableau volta a ser bilionário

Reprodução/Forbes
Professor de computação gráfica na Universidade de Stanford, Hanrahan já ganhou três Oscars por seu trabalho técnico entre 1993 e 2014

Resumo:

  • Cofundador e cientista chefe da Tableau Software, Patrick Hanrahan retornou hoje (10) ao clube dos bilionários;
  • Sua fortuna alcançou a faixa de US$ 1,3 bilhão após o anúncio de que a Salesforce vai adquirir a empresa por US$ 15,3 bilhões em ações;
  • Professor de computação gráfica na Universidade de Stanford, Hanrahan já ganhou três Oscars por seu trabalho técnico entre 1993 e 2014.

Patrick Hanrahan, cofundador e cientista chefe da Tableau Software, voltou hoje (10) ao ranking de bilionários depois do anúncio de que a Salesforce vai adquirir a empresa de capital aberto em um acordo no valor de US$ 15,3 bilhões em ações.

LEIA MAIS: Quem é o bilionário Mark Stevens, banido da NBA e multado em US$ 500 mil

Com a aquisição, o preço dos títulos subiu em 33%, e o valor da participação de 66% de Hanrahan aumentou de US$ 864 milhões para US$ 1,15 bilhão. Incluindo o valor das ações que vendeu ao longo dos anos, a fortuna do executivo é estimada em US$ 1,3 bilhão.

Professor de computação gráfica na Universidade de Stanford, Hanrahan se juntou ao clube dos bilionários pela primeira vez em junho de 2015, quando o valor dos papéis da Tableau se encontrava acima dos US$ 115. Seu patrimônio líquido diminuiu nos últimos quatro anos, mas retornou hoje à casa do bilhão.

A Tableau nasceu de uma pesquisa realizada pelo bilionário e pelo outro cofundador, Chris Stolte, enquanto analisavam bancos de dados em Stanford. Com a ajuda de Christian Chabot, estudante da Stanford Business School, os dois lançaram a empresa em 2003. Eles conseguiram levantar US$ 15 milhões em capital de risco antes de realizar uma oferta pública na Bolsa de Nova York em maio de 2013.

Hanrahan, que foi um dos primeiros funcionários da Pixar, ganhou três Oscars por seu trabalho técnico e de engenharia entre 1993 e 2014. A pesquisa ainda ocupa grande parte da vida do empreendedor. De acordo com a Tableau, ele gasta, aproximadamente, apenas 20% de seu tempo na empresa, atuando no restante da semana como professor de ciência da computação e engenharia elétrica em Stanford, onde ensina sobre computação gráfica e pesquisa a síntese de imagens.

Um porta-voz da Tableau disse que Hanrahan não estava disponível para entrevistas.

Marc Benioff, CEO da Salesforce, também é bilionário. As ações da empresa de software em nuvem caíram cerca de 5% no pregão de hoje, levando o patrimônio líquido de Benioff a perder cerca de US$ 300 milhões, caindo para estimados US$ 6,5 bilhões.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).