Presidente dos Correios renuncia

General Juarez Cunha, há sete meses à frente da empresa, alegou “decisão pessoal”.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Agência Brasil/José Cruz
Agência Brasil/José Cruz

A renúncia ocorreu depois de o presidente Jair Bolsonaro afirmar que iria demitir o presidente dos Correios por discordar da postura do chefe da estatal

Acessibilidade


O presidente dos Correios, general Juarez Cunha, anunciou hoje (19) sua renúncia após sete meses no cargo, segundo mensagem publicada em sua conta oficial no Twitter.

VEJA TAMBÉM: Azul desiste de parceria com Correios

“Hoje me afasto dos Correios. Foram sete meses de alegria, obtivemos excelentes resultados, conduzimos a recuperação da empresa”, disse. Ele não informou o motivo da renúncia, e os Correios afirmaram que se tratou de “decisão pessoal”.

A renúncia ocorreu depois de o presidente Jair Bolsonaro afirmar, na sexta-feira passada (14), que iria demitir o presidente dos Correios por discordar da postura do chefe da estatal.

Em entrevista a jornalistas no Palácio do Planalto, na semana passada, Bolsonaro afirmou que Cunha se comportou como um sindicalista quando compareceu a uma comissão da Câmara dos Deputados.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube

Compartilhe esta publicação: