Queda do bitcoin é positiva para investidores

Getty Images / Chesnot
A criptomoeda teve queda de quase US$ 4.000

Resumo:

  • Bitcoin cai de quase US$ 14.000 para menos de US$ 10.000 em menos de uma semana;
  • No entanto, especialistas dizem que a criptoeconomia se beneficia do término da alta irracional dos últimos dias.

O preço do bitcoin caiu para menos de US$ 10.000 hoje, uma baixa de aproximadamente 30% comparada à sua mais recente alta de quase US$ 14.000, alcançada em 26 de junho. A moeda digital chegou a bater US$ 9.986,26.

LEIA MAIS: Sete países onde as criptomoedas não são tributadas

No momento, a criptomoeda contabiliza baixa de aproximadamente 28% comparada ao seu preço de US$ 13.879,24 do dia 26 de junho, mostram informações adicionais do CoinDesk.

[Nota: investir em criptomoedas ou tokens é altamente especulativo e o mercado é altamente desregulado. Qualquer um considerando o investimento deve se preparar para perder tudo.]

A moeda digital sofreu perdas notáveis logo após atingir os US$ 14.000, passando dos níveis dos US$ 13.000 e US$ 12.000 em menos de duas horas.

‘Um balde de água fria’

Mati Greenspan, analista de mercado sênior da plataforma de negociações eToro, descreveu a baixa da última semana como um desenvolvimento positivo. Ele comparou a queda a um “balde de água fria que foi jogado no ansioso cripto mercado, que estava realmente ficando quente demais.”

Muitos analistas descreveram as perdas do bitcoin de hoje de um jeito parecido. John Todaro, diretor da busca de moedas digitais para o TradeBlock, disse que “a recente queda ofereceu ao mercado um alívio necessário.” “O bitcoin estava superaquecido com seus preços subindo quase que parabolicamente por alguns dias,” completou.

VEJA TAMBÉM: Qual a real razão da alta repentina das criptomoedas?

Queda recente é ‘saudável’

Joe DiPasquale, CEO do fundos especulativos de criptomoedas BitBull Capital, ofereceu um ponto de vista parecido ao dizer que “as quedas são saudáveis e previnem uma alta irracional.”

Ele ainda afirmou que, “além disso, altcoins (outras criptomoedas além do bitcoin) não estão perdendo muito valor comparadas ao bitcoin, mostrando que vendedores não estão abandonando as criptomoedas, estão apenas balanceando seus investimentos.”
Ele pareceu esperançoso que a volatilidade das criptomoedas se manterá moderada. “Seria ideal se a classe esfriasse um pouco, e negociasse a preços entre US$ 9 e 11 mil, já que a subida para US$ 13.500 foi muito rápida e arriscou queimar com uma correção significativa.”

“Uma queda a longo prazo e sustentada, no entanto, poderia causar problemas já que apaga o sentimento positivo que tomou conta do espaço nos últimos meses,” disse Todaro.

A título de transparência: eu tenho bitcoin, bitcoin cash, litecoin e ether.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).