Ter uma ideia inovadora pode não ser suficiente para seu negócio

Getty Images
Uma boa estratégia vale tanto quanto um bom produto

Resumo:

  • Grandes ideias podem nunca realmente ter o sucesso que merecem sem as táticas de venda corretas;
  • O segredo do sucesso é nadar contra a corrente para que um produto inovador receba a atenção que merece.

Imagine esse cenário: você levanta às 2h porque acabou de ter a melhor ideia da sua vida. Visões de notas de dinheiro o mantêm acordado pelo resto da noite. Ao amanhecer, você já está trabalhando. Apesar de não ter dormido, você está cheio de energia. Durante as próximas semanas, você pensa no seu protótipo fervorosamente, e ele funciona melhor ainda do que você imaginou. Tudo que falta é levá-lo para o mercado.

LEIA MAIS: Como treinar seu cérebro para ser positivo

Você se inscreve para todos os cursos de marketing on-line possíveis e lê todos os artigos que consegue encontrar. Você se convence de que assim que selecionar as melhores redes sociais e seus canais de venda, você terá um fluxo de atenção direcionado a seu negócio. Você juntou todos os pedaços, seguiu todos os pré-requisitos, e espera pelo sucesso.

Mas então… nada. Além de alguns parcos assinantes e pedidos, ninguém presta atenção na sua linda criação. “Como isso pôde acontecer” você se pergunta em meio à depressão. Todos parecem estar usando a mesma abordagem, e eles estão tendo sucesso. Tem algo errado com você?

A falsa premissa

Se você está lendo uma reportagem como essa, é por que provavelmente se identifica com ao menos alguns elementos dessa história não tão fictícia. Na hora de transformar ideias em ofertas, focamos em originalidade. No entanto, quando embarcamos no processo de geração de demanda para essas ofertas, entra o medo. Para acalmar essa incerteza, as pessoas procuram táticas, receitas e truques que todos usam nas redes sociais. Quando nossas propostas sem originalidade falham, nos perguntamos o que deu errado.

Tendo dito isso, seres humanos são notoriamente relutantes a mudanças e cínicos a respeito. Por isso, gritar “olhe para mim” com uma nova abordagem de marketing tem um potencial real de afastar consumidores antes mesmo de eles verem qual é o seu produto.

É um dilema. Felizmente, podemos olhar para um dos maiores gênios promocionais para uma resposta: um homem que morreu uma década e meia antes de todos saberem o que era a internet.

VEJA TAMBÉM: 12 coisas que mulheres emocionalmente fortes não fazem

Encontrando o equilíbrio

Quando o jovem Andy Warhol pensou pela primeira vez em virar um artista plástico e abandonar seu trabalho de ilustrador comercial, ele sabia que a competição seria acirrada. Na época, parecia impossível escapar da grandiosa presença dos expressionistas abstratos (pense por exemplo, nos respingos de tinta de Jackson Pollock). Esses enormes pintores convenciam o público de que sua abordagem era a única válida. Como resultado, alguns artistas desconhecidos começaram a invadir Nova York tentando criar suas versões de linhas, pontos e cubos.

Warhol sabia que jamais seria reconhecido se tentasse jogar esse jogo. Ele avaliou seus pontos fortes, peculiaridades e interesses, e os usou para criar sua base no público.

Quando Warhol revelou suas pinturas de latas de sopa Campbell e esculturas de caixas de sabão, ele foi muito zombado. Os expressionistas abstratos e seus seguidores definiram o novato por sua grosseria, questionando se o que ele estava fazendo poderia ser considerado arte. No entanto, o que esses radicais não perceberam era que a nova geração foi criada para desejar a abordagem de Warhol.

Jovens nascidos depois da Segunda Guerra Mundial cresceram com marcas em todos os cantos. Para eles, outdoors e logotipos faziam tão parte de seu ambiente quanto árvores, lagos e rios eram parte do ambiente de seus pais e avós. A grande sacada de Warhol foi transformar itens de sua paisagem em arte.

Normalmente, quando você decide usar uma certa abordagem para impulsionar seus negócios, seu produto ou seu serviço, já é tarde demais. Pode parecer seguro usar um sistema já testado e que deu resultados, mas se algo já foi tão usado que é considerado “comprovado”, as chances de dar certo com você são baixas. Ao mesmo tempo, lançar algo com uma abordagem completamente nova e desconhecida, pode resvalar no fato que as pessoas podem simplesmente não entender, não importa quão inovadora seja a ideia.

VEJA TAMBÉM: 3 passos para desenvolver sua inteligência emocional

Ou seja, o truque é identificar um ângulo que consiga atenção e inverter táticas familiares e expectativas. Mude um dos elementos radicalmente. Altere seu propósito típico. Brinque com seu significado. Se você fizer isso, sua nova brilhante ideia terá toda a visibilidade que merece.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook

Twitter

Instagram

YouTube

Baixe o app de Forbes Brasil na Play Store e na App Store

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).