7 livros de filosofia dos negócios para ajudar a ver em perspectiva

gettyimages-krisanapongdetraphiphat
Sua filosofia de comandar uma companhia ou uma equipe se diluiu ao longo dos anos? Calma, você ainda pode o rumo dessa história

Resumo: 

    • No mundo dos negócios, é difícil se manter estável em suas ideias e filosofias; 
    • Mas, com alguns livros sobre o assunto, é possível resgatar pensamentos perdidos e abrir a mente para novas ideias; 
    • Veja abaixo dicas extraídas de 7 obras de filosofia nos negócios.

LEIA MAIS: 21 frases inspiracionais para desafios na carreira

Sua filosofia de comandar uma companhia ou uma equipe se diluiu ao longo dos anos? Se você está no mundo dos negócios há muito tempo, isso pode estar prestes a acontecer. Mas você ainda pode o rumo dessa história rapidamente. Como? Enriquecendo suas estratégias pessoais de liderança ao ler alguns livros que podem ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

Cada uma das obras abaixo aborda um aspecto particular do funcionamento de uma companhia contemporânea construída nos pilares do conhecimento coletivo e de pessoas talentosas. De alavancar pensamentos disruptivos a valorizar mais generalização a especialização, você vai descobrir formas inovadoras de melhorar seus métodos e decisões empresariais. Se as árvores do dia a dia obscureceram sua visão da floresta, estes sete livros de filosofia nos negócios vão auxiliá-lo a colocar as coisas em perspectiva novamente.

  • “The Remix: How to Lead and Succeed in the Multigenerational Workplace by Lindsey Pollak” (sem tradução em português), de Lindsey Pollak

    Sua empresa se tornou um caldeirão de gerações? Resista à tentação de focar nas desvantagens de gerenciar diferentes idades e experiências. Em vez disso, use este livro de Lindsay Pollak (O Remix: Como Liderar e Ter Sucesso em um Local de Trabalho Multigeracional, em tradução livre) para aprender a extrair os pontos fortes de todos os membros de sua equipe, independentemente de serem Geração Z ou Baby Boomers (nascidos após Segunda Guerra Mundial até a década de 1960). A análise rápida da autora ilustra as vantagens e os desafios de liderar um ambiente de trabalho de quatro gerações, mostrando como cada pessoa adiciona um sabor distinto ao todo. O livro ecoa meu próprio compromisso de evitar classificar os funcionários.

  • “Thank You for Disrupting: The Disruptive Business Philosophies of The World’s Great Entrepreneurs” (sem tradução em português), de Jean-Marie Dru

    Todo mundo fala sobre ideias disruptivas, mas elas continua sendo um conceito misterioso. Como você se torna um disruptor? Você pode aperfeiçoar seu conhecimento para causar rupturas em indústrias inteiras, mesmo que não tenha experiência em seus mercados específicos? Jean-Marie Dru, em “Obrigado por Interromper: as Filosofias de Negócios Disruptivos dos Maiores Empreendedores do Mundo”, em tradução livre, habilmente usa exemplos reais para fornecer inspiração aos leitores e compartilhar pensamentos visionários. Considero seu trabalho um manual para orientar qualquer pessoa interessada em quebrar os padrões de uma empresa. Para ser sincero, eu já fui um disruptor, mas tenho estado um pouco relaxado ultimamente. Este livro foi o empurrão que eu precisava para reiniciar meu motor disruptivo.

  • “Range: Why Generalists Triumph in a Specialized World” (sem tradução em português), de David J. Epstein

    Finalmente, um livro para aqueles de nós que preferem não seguir o caminho dos especialistas. David Epstein apresenta uma discussão convincente sobre por que a maestria precoce nem sempre garante o sucesso posterior em “Range” (Por Que os Generalistas Triunfam em um Mundo Especializado, em português). Ele investiga as jornadas de inúmeros heróis corporativos e atléticos que provam que ser um prodígio nem sempre é sinônimo de ganhar honras. Eu sempre senti que era importante ter amplo conhecimento de diversos assuntos para manter meu cérebro flexível. Essa obra solidifica meu desejo de continuar adquirindo os chamados insights inúteis.

  • “How to Win in a Winner-Take-All World: The Definitive Guide to Adapting and Succeeding in High-Performance Careers” (sem tradução em português), de Neil Irwin

    Parece que a barra de carreira é levantada alguns centímetros -ou até metros- todos os anos? Quando você tiver dificuldade para manter o ritmo, encontre consolo neste livro bem embasado em pesquisas de Neil Irwin (“Como Ganhar em um Mundo em que Vencedores Levam Tudo: o Guia Definitivo para Adaptação e Sucesso em Carreiras de Alto Desempenho”, em português). Ele descreve as etapas e as perspectivas necessárias para se manter em alta em qualquer setor, mesmo quando os parâmetros mudam com a velocidade da luz. Como alguém que teve uma carreira tortuosa (como um consultor de negócios que virou inventor e depois autor), concordo plenamente que é mais importante do que nunca se tornar uma pessoa de muitos conhecimentos a fim de realizar sonhos de curto e longo prazo.

  • “Moonshot: What Landing a Man on the Moon Teaches Us About Collaboration, Creativity, and the Mind-set for Success” (sem tradução em português), de Richard Wiseman

    Da próxima vez que um aluno de coaching alegar que algo é “impossível”, ficarei tentado a entregar o livro de Richard Wiseman. Afinal, o que poderia parecer mais fora do alcance do que levar o homem à lua e trazê-lo de volta em segurança? Em “Moonshot: O que Levar o Homem à Lua nos Ensina sobre Colaboração, Criatividade e Mentalidade para o Sucesso” (em tradução livre), um tributo escrito para o voo espacial Apollo 11, de 1969, o autor descasca as camadas de coragem e inteligência necessárias para trazer o que é aparentemente inconcebível. Eu pretendo usar este trabalho como uma gentil cutucada para mostrar que todos nós podemos fazer mais do que achamos.

  • “Flex: O Novo Estilo de Liderança Para um Mundo em Transformação” (editora Benvirá), de Jeffrey Hull

    Em “Flex: O Novo Estilo de Liderança Para um Mundo em Transformação” (tradução em português), Jeffrey Hull demonstra como e por que os executivos devem desenvolver suas competências essenciais para atender às demandas cada vez mais complexas do ambiente de trabalho moderno, 24 horas por dia, sete dias por semana. Especificamente, ele convida os leitores a melhorarem seis habilidades “mais suaves”, incluindo inteligência emocional. Eu já fui convertido. Quando minha empresa de brinquedos estava com desempenho ruim, confiamos na empatia e na autenticidade para construir uma equipe dinâmica e engenhosa que pudesse enfrentar com sucesso nossos desafios. “Flex” é uma leitura obrigatória para empresários, diretores e supervisores.

  • “The Sponsor Effect: How to Be a Better Leader by Investing in Others” (sem tradução em português), de Sylvia Ann Hewlett

    A maior parte das pessoas bem-sucedidas glorificam os mentores que tiveram. Alguns, no entanto, colocam seus orientadores em pedestais similares. Em “O Efeito Patrocinador: Como Ser um líder Melhor ao Investir nos Outros” (em tradução livre), Sylvia Ann Hewlett apresenta um argumento intrigante e rico em dados para as vantagens profissionais, por vezes ocultas, de identificar e preparar os protegidos corporativos. Este livro é tão cheio de ideias inspiradoras que eu praticamente comecei a procurar indivíduos para mentoria imediata. Meu objetivo a longo prazo? Melhorar minha habilidade de consultoria enquanto ajudo meus orientandos a entender e descobrir o valor que eles trazem para o local de trabalho.

“The Remix: How to Lead and Succeed in the Multigenerational Workplace by Lindsey Pollak” (sem tradução em português), de Lindsey Pollak

Sua empresa se tornou um caldeirão de gerações? Resista à tentação de focar nas desvantagens de gerenciar diferentes idades e experiências. Em vez disso, use este livro de Lindsay Pollak (O Remix: Como Liderar e Ter Sucesso em um Local de Trabalho Multigeracional, em tradução livre) para aprender a extrair os pontos fortes de todos os membros de sua equipe, independentemente de serem Geração Z ou Baby Boomers (nascidos após Segunda Guerra Mundial até a década de 1960). A análise rápida da autora ilustra as vantagens e os desafios de liderar um ambiente de trabalho de quatro gerações, mostrando como cada pessoa adiciona um sabor distinto ao todo. O livro ecoa meu próprio compromisso de evitar classificar os funcionários.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).