Dólar amplia queda ante o real com cena externa positiva

Internamente, cenário de avanço das pautas econômicas ajuda a fortalecer a marca.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Reuters
Reuters

Às 10:01, o dólar recuava 0,09%, a R$ 3,98 na venda

Acessibilidade


O dólar ampliava perda contra o real hoje (16), um dia depois de registrar sua maior queda diária em um mês, indo abaixo da marca de R$ 4, em dia marcado por uma cena externa mais positiva para emergentes.

VEJA TAMBÉM: Guedes: Brasil está preparado para dólar a R$ 4,20

Às 10:01, o dólar recuava 0,09%, a R$ 3,98 na venda.

Na véspera, o dólar caiu 1,24%, a R$ 3,99.

Segundo o estrategista de renda-fixa da Corretora Coinvalores Paulo Celso Nepomuceno, o real está se beneficiando de um movimento global de valorização das moedas emergentes em relação ao dólar, diante de um alívio iniciado no dia anterior com a melhora no tom da retórica comercial entre Estados Unidos e China.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O índice do dólar, que compara a moeda norte-americana contra uma cesta de moedas, mostrava valorização de 0,15% nesta sexta-feira, a 98,290.

Na cena interna, Nepomuceno destaca o cenário de avanço das pautas econômicas e afirma que isso ajuda a sustentar o tom positivo que vem de fora.

E AINDA: Como a guerra comercial EUA-China pode impulsionar o bitcoin

“O avanço nas reformas está acontecendo, estamos vendo taxas de juros menores e a expectativa é que o segundo semestre seja melhor que o primeiro.”

Após ser aprovada no início do mês em segundo turno na Câmara dos Deputados, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência está no Senado, onde terá primeiro de ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa para depois ir a plenário. Para ser aprovada, a proposta precisará 49 votos favoráveis de senadores em dois turnos.

O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 11 mil contratos de swap cambial tradicional, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento outubro de 2019.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: