Regus lança miniescritórios espalhados por São Paulo

Divulgação
O projeto da startup foi apoiado desde a concepção até o lançamento do produto pela multinacional inglesa Regus. Da direita para a esquerda: Tiago Alves, CEO da Regus, Roberta Carvalho, CEO da BoxOffice, e César Carvalho

Regus, maior empresa mundial de coworking, anunciou hoje (15) seu novo empreendimento: miniescritórios públicos da startup BoxOffice. O conceito do projeto une a flexibilidade dos coworkings e a privacidade dos escritórios tradicionais.

VEJA TAMBÉM: Startup brasileira IDwall recebe aporte de R$ 9 mi

As unidades, espalhadas em pontos empresariais estratégicos do Brasil, são espaços compactos de quatro metros quadrados, equipadas com conexão USB e tomadas, monitor LED com videoconferência, ar-condicionado, Wi-Fi, mesa retrátil, sofá com apoio, porta objetos e isolamento acústico.

Com pagamento via cartão de crédito, cada miniescritório tem capacidade para até seis pessoas e pode ser reservado pelo aplicativo da BoxOffice, que também funciona como chave para acessar o espaço no horário agendado. “Pensamos em um espaço que fosse ideal para aqueles profissionais que não têm um endereço fixo para desempenhar suas atividades, como autônomos, ou mesmo para empresas que necessitam de pontos de apoio espalhados pela cidade na correria do dia a dia”, diz Roberta Carvalho, CEO e fundadora da BoxOffice.

Divulgação
As unidades, espalhadas em pontos empresariais estratégicos do Brasil, são espaços compactos de quatro metros quadrados

O projeto da startup foi apoiado desde a concepção até o lançamento do produto pela multinacional inglesa Regus. “O BoxOffice Regus traz valor agregado aos atuais clientes de nossa marca”, afirma Tiago A. Alves, CEO da Regus e do grupo IWG no Brasil. O executivo diz ainda ter uma unidade BoxOffice em sua casa.

O primeiro box foi inaugurado em abril de 2019 em um corredor do shopping Market Place, em São Paulo, após 10 meses de planejamento. O investimento inicial foi de R$ 120 mil.

E AINDA: 51 startups para ficar de olho em 2019

Atualmente, a rede tem sete unidades espalhadas pela cidade, na rua Sansão Alves dos Santos, 400, perto da Estação Berrini; na rua Gomes de Carvalho, 1108, na Vila Olímpia; no Shopping Cidade de São Paulo; na Avenida Brigadeiro Faria Lima, 3600 (duas unidades); no Sheraton São Paulo WTC Hotel; e no shopping Market Place. A ideia é ter 150 pontos até o fim do ano.

“Nosso objetivo é ampliar a rede para termos capilaridade e, com isso, fazer com que nosso cliente sempre possa contar com um BoxOffice perto dele. Queremos ser um apoio em suas conquistas profissionais”, diz Alves.

O aplicativo da BoxOffice está disponível na AppStore e na Play Store, e o serviço conta ainda com parcerias de empreendimentos vizinhos, como cafés, por exemplo, que anotam e entregam pedidos para os clientes sem que eles precisem sair do miniescritório. O aluguel custa R$ 50 a hora.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).