CEO do EBay renuncia e cita diferenças com conselho

Devin Wenig disse também que quer vender alguns negócios.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
ReutersBrendanMcDermid
ReutersBrendanMcDermid

O conflito sobre o plano de venda do braço de classificados levou à saída de Wenig, informou a CNBC

Acessibilidade


O presidente-executivo do EBay, Devin Wenig, renunciou ao cargo hoje (25), citando diferenças com o recém-renovado conselho da empresa, que quer vender alguns negócios.

Wenig, presidente-executivo do site de leilões e varejo online há quatro anos, disse em um tuíte: “Nas últimas semanas, ficou claro que eu não estava na mesma página do meu novo conselho. Sempre que isso acontece, é melhor para todos virar essa página”.

LEIA TAMBÉM: Bitcoin e outras criptomoedas caem com desempenho de nova corretora cripto Bakkt

No início do ano, o eBay fez mudanças em seu conselho e disse que está explorando opções para os negócios de sua unidade de ingressos, StubHub, e do eBay Classifieds, após sofrer pressão dos fundos de hedge Elliott e Starboard Value.

Wenig será substituído pelo vice-presidente financeiro, Scott Schenkel, provisoriamente, disse o eBay, adicionando que manterá uma revisão dos negócios e espera dar uma atualização em breve.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

“Dadas várias considerações, Devin e o conselho acreditam que um novo presidente-executivo é o melhor no momento”, disse o presidente do conselho, Thomas Tierney, em comunicado.

O conflito sobre o plano de venda do braço de classificados levou à saída de Wenig, informou a CNBC, citando fontes.

O eBay também disse nesta quarta-feira que seu conselho se encarregará da busca por um novo presidente-executivo.

 

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: