HP cortará até 9 mil vagas em reestruturação

Previsão é cortar US$ 1 bi em custos até o final do ano fiscal de 2022.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
iStock
iStock

Ontem (3), a HP disse que cortará até 16% de sua força de trabalho para reduzir custos

Acessibilidade


A fabricante norte-americana de computadores pessoais HP disse ontem (3) que cortará até 16% de sua força de trabalho para reduzir custos.

VEJA MAIS: Empresa de cibersegurança de Israel faz parceria com HP

A empresa cortará entre 7 mil e 9 mil empregos por meio de uma combinação de demissões e aposentadorias antecipadas voluntárias, informou em comunicado.

A HP estima que o plano resultará em uma economia bruta anual de cerca de US$ 1 bilhão até o final do ano fiscal de 2022.

A empresa tinha cerca de 55 mil funcionários em todo o mundo em 31 de outubro, de acordo com um documento enviado à Securities and Exchange Commission (SEC). Isso significa que até 16% do quadro de pessoal será cortado, segundo cálculo da Reuters.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Em conexão com a reestruturação, a HP disse que espera incorrer em um custo total de cerca de US$ 1 bilhão, dos quais US$ 100 milhões serão realizados quando divulgar seus resultados do quarto trimestre.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: