Raízen tem aprovação para compra de 81,5% da Cosan Biomassa

Transação foi aprovada sem ressalvas por não apresentar risco à concorrência.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Transação foi aprovada sem ressalvas por não envolver qualquer risco à concorrência

Acessibilidade


A Raízen Energia, joint venture entre o grupo de energia e logística Cosan e a petrolífera Shell, foi autorizada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a comprar fatia de 81,5% da Cosan Biomassa que pertencia antes à Cosan.

VEJA TAMBÉM: Raízen testa geração solar para fornecimento a postos

Segundo parecer do órgão de defesa da concorrência, a transação foi aprovada sem ressalvas por não envolver qualquer risco à concorrência, significando na prática redução da participação da Cosan e entrada do Grupo Shell na empresa de biomassa.

A Cosan Biomassa produz e comercializa pellets de bagaço e palha de cana-de-açúcar, atendendo clientes no exterior que utilizam seus produtos “em caráter experimental”, segundo informações prestadas pela empresa ao Cade.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: