International Airlines Group compra a Air Europa por € 1 bilhão

ReproduçãoForbes
A empresa também é dona da British Airways e da Iberia

Resumo:

  • O IAG anunciou a compra da Air Europa por € 1 bilhão; 
  • A partir de agora, o grupo aéreo opera impressionantes 84% dos assentos vendidos no mercado interno na Espanha; 
  • Com a operação, a companhia passa a operar sete marcas.

O International Airlines Group, também conhecido como IAG, adquiriu outra companhia aérea europeia, em um acordo de € 1 bilhão. Esta é a terceira companhia aérea espanhola comprada pela empresa, que é dona da British Airways e da Iberia, depois da aquisição da Vueling em novembro de 2012.

Isso significa que o IAG agora vai operar impressionantes 84% ​​dos assentos vendidos no mercado interno da Espanha, com a ambição da Air Europa de solidificar Madri como um hub da companhia, juntamente com London Heathrow para a British Airways.

LEIA TAMBÉM: Conheça HondaJet, o avião comercial leve mais vendido do mundo

O grupo de companhias aéreas agora se expandiu para sete marcas, depois de recentemente também ter adquirido a transportadora de baixo custo Level e a Aer Lingus na Irlanda.

Willie Walsh, CEO do grupo, certamente é conhecido pelos acordos perspicazes nos últimos anos, tanto por meio de aquisições, quanto de compras de aeronaves. A British Airways anunciou, no início deste ano, a compra de até 200 737-MAX após o jato ter sido quase banido globalmente. Vista, em parte, como uma propaganda positiva para a Boeing, que tem enfrentado manchetes consistentemente negativas sobre o avião, a iniciativa pode gerar um grande desconto no preço final da negociação.

A transação com a Air Europa é um pouco diferente das aquisições anteriores do IAG. Em vez de conquistar uma posição expandida em novos mercados, a operação se concentra, principalmente, na consolidação de um dos principais mercados do grupo, o hub de Madri e as lucrativas rotas da América do Sul.

Questionado sobre a possibilidade de a Air Europa competir com as rotas latino-americanas da Iberia, o IAG respondeu que haveria “uma coordenação comercial estreita para aumentar a conectividade”.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).