QuintoAndar passa a intermediar compra e venda de imóveis

Propriedades na cidade de São Paulo poderão ser cadastradas para negociação na próxima semana

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Westend61/Getty Images
Westend61/Getty Images

A QuintoAndar passará a intermediar a compra e venda de imóveis residenciais

Acessibilidade


A corretora imobiliária online QuintoAndar anunciou hoje (28) que passará a intermediar a compra e venda de imóveis residenciais, ampliando a área de atuação após ter recebido uma nova rodada de investimentos.

A partir de 2 de dezembro, a startup começará a operar em algumas regiões da capital paulista com pessoas físicas. Depois, começará a atuação em parceria com algumas imobiliárias tradicionais.

LEIA MAIS: QuintoAndar mira expansão na Ásia com SoftBank a bordo

Segundo a companhia, seu modelo digital ajudará a agilizar as operações de compra e venda de imóveis, que costumam ser longas e burocráticas, reduzindo gastos para as partes envolvidas nos negócios.

“A falta de informações de qualidade sobre a situação legal da propriedade, assim como a dificuldade em obter toda a documentação correta são problemas comuns que atrasam todo o processo”, afirmou o cofundador e presidente-executivo do QuintoAndar Gabriel Braga, no comunicado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Segundo a companhia, a operação nesta nova área de negócios gradualmente será levado a outras regiões. Donos de imóveis na cidade de São Paulo poderão na próxima semana cadastrar ativos para venda, ofertas que estarão disponíveis para compradores em janeiro.

A taxa aplicada sobre as transações será a mesma da praticada pelo mercado, de 6%.

O anúncio acontece quase três meses o QuintoAndar ter recebido um investimento de US$ 250 milhões, numa rodada liderada pelo japonês Softbank.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: