Fundo soberano da Noruega remove Petrobras de lista de empresas sob observação

Entidade diz que risco de corrupção na petroleira brasileira foi reduzido.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Agência Petrobras
Agência Petrobras

Plataforma P-68: a petroleira brasileira foi colocada em observação em 2016 por escândalos de corrupção

Acessibilidade


O fundo soberano da Noruega, que administra US$ 1 trilhão, removeu a estatal brasileira de petróleo Petrobras de uma lista de empresas sob observação para eventuais cortes de investimentos devido a preocupações éticas, disse o banco central do país hoje (3).

A Petrobras havia sido colocada sob observação em 2016, devido a riscos relacionados a corrupção.

LEIA MAIS: Raízen, Ultrapar, Sinopec e Mubadala na 2ª fase da disputa por refinarias da Petrobras

O Conselho de Ética do fundo avaliou que o risco de corrupção na Petrobras foi agora reduzido, afirmou o banco central, que administra o fundo.

“Essa avaliação é baseada, entre outras coisas, no acordo legal fechado junto a autoridades norte-americanas, que confirma que a Petrobras implementou amplas medidas de melhoria desde o início das investigações em 2014”, disse.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: