Vale contrata linha de crédito rotativo de US$ 3 bi junto a 16 bancos globais

Objetivo é aumentar a liquidez e a eficiência de gestão do caixa.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Divulgação
Divulgação

Vale concluiu a contratação de uma nova linha de crédito rotativo de US$ 3 bilhões com prazo de cinco anos

Acessibilidade


A mineradora Vale concluiu a contratação de uma nova linha sindicalizada de crédito rotativo no valor de US$ 3 bilhões e com prazo de cinco anos junto a um sindicato composto de 16 bancos globais, segundo comunicado da companhia divulgado hoje (26).

“A linha de crédito rotativo forma um significativo colchão de liquidez e possibilita maior eficiência da gestão do caixa, sendo consistente com o foco estratégico da minimização do custo do capital”, afirmou a empresa.

LEIA MAIS: Vale prevê investir US$ 5 bilhões até 2020

O grupo de bancos é liderado por Citigroup, Crédit Agricole, MUFG e Sumitomo Mitsui Banking Corporation.

Fazem parte do sindicato, ainda, Bank of China, Bank of Montreal, Mizuho, The Bank of Nova Scotia, JPMorgan, Royal Bank of Canada, HSBC, The Toronto-Dominion Bank, Bank of America, Barclays, Standard Chartered e Banco do Brasil.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: