EUA impõem mais sanções ao Irã por ataques com mísseis

País promete apertar ainda mais a economia iraniana.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
Alex Wong/Getty Images
Alex Wong/Getty Images

Steven Mnuchin (à direita) anuncia novas sanções contra o Irã ao lado do secretário de Estado, Mike Pompeo

Acessibilidade


Os Estados Unidos impuseram mais sanções ao Irã hoje (10) em retaliação por seu ataque com mísseis contra as forças norte-americanas no Iraque nesta semana e prometeram apertar ainda mais a economia iraniana se o governo daquele país continuar engajado no que Washington descreve como atos terroristas.

Os alvos das sanções incluem os setores manufatureiro, de mineração e têxtil do Irã, além de autoridades iranianas que, segundo Washington, estavam envolvidas no ataque de 8 de janeiro.

LEIA MAIS: Irã quer ficar responsável por caixa-preta após queda de avião ser atribuída a míssil

As sanções foram anunciadas pelo secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, ao lado do secretário de Estado, Mike Pompeo, na Casa Branca.

As tensões entre Washington e Teerã aumentaram desde que o presidente Donald Trump retirou unilateralmente os EUA do acordo nuclear do Irã em 2018 e começou a reimpor sanções que foram relaxadas sob o pacto.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: