Lucro do Citigroup cresce 15% com alta em receitas de cartões de crédito

Negociação de ativos financeiros (trading) e efeito fiscal também influenciaram resultado.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:

O lucro líquido aplicável aos acionistas ordinários somou US$ 4,98 bilhões, ou US$ 2,15 por ação

Acessibilidade


O Citigroup reportou hoje (14) um crescimento de 15% no lucro do quarto trimestre, influenciado por receitas mais elevadas nos segmentos de cartão de crédito e negociação de ativos financeiros (trading), bem como efeito fiscal.

O lucro líquido aplicável aos acionistas ordinários somou US$ 4,98 bilhões, ou US$ 2,15 por ação, nos três meses encerrados em 31 de dezembro, ante US$ 4,31 bilhões, ou US$ 1,64 por ação, um ano antes.

LEIA MAIS: Lucro do Citigroup cresce 6% no 3º trimestre

Excluindo o efeito de um benefício fiscal, o lucro do banco ficou em US$ 1,9 por ação.

Analistas esperavam, em média, um lucro de US$ 1,84 por ação, de acordo com dados da Refinitiv. Não estava claro se os dados divulgados eram comparáveis com a previsão.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: