Sony testará carros autônomos para impulsionar tecnologias de sensores e de segurança

Empresa revelou o plano ao apresentar um carro-conceito elétrico no CES

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
ReutersConnect/Simon Dawson
ReutersConnect/Simon Dawson

O presidente-executivo da marca diz acreditar que a próxima grande tendência tecnológica será a mobilidade

Acessibilidade


A Sony anunciou que começará a testar carros autônomos ainda este ano para fortalecer suas tecnologias de sensores e de segurança, à medida que a empresa japonesa acelera seu impulso automotivo.

LEIA MAIS: Sony vai comprar desenvolvedora Insomniac Games

A Sony revelou o plano ao apresentar um carro-conceito elétrico com 33 sensores incorporados, incluindo sensores de imagem e de detecção e alcance de luz de estado sólido (Lidar), no Consumer Electronics Show (CES) em Las Vegas ontem (6).

O carro-conceito, desenvolvido com a ajuda da Bosch, da Continental e de outras parceiras, também incorporará os sistemas de entretenimento automotivo da Sony com tecnologia de áudio espacial.

A Sony tem como objetivo iniciar os testes durante o próximo ano fiscal, a partir de abril, para verificar o desempenho de suas tecnologias relacionadas a automóveis, disse um porta-voz. A empresa não tem planos de produzir seus próprios carros, acrescentou.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Sony domina o mercado de sensores de imagem para smartphones, mas está atrás da ON Semiconductor Corp na área de sensores para aplicações automotivas.

LEIA TAMBÉM: Sony confirma Playstation 5 para 2020

“Não é exagero dizer que o celular tem sido a grande tendência da última década”, disse o presidente-executivo da Sony, Kenichiro Yoshida, em entrevista coletiva na CES. “Acredito que a próxima grande tendência será a mobilidade.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: