As 4 melhores dicas para empreendedores que precisam de financiamento

GettyImages/Thomas Barwick
Entender o que os credores valorizam é essencial para conseguir o financiamento desejado

Como todo pequeno empresário sabe, ter capital disponível é a força vital do sucesso do negócio. Você simplesmente não consegue equilibrar os custos das operações diárias com algum plano de crescimento se não tiver dinheiro.

E nem sempre é tão simples como reinvestir seus lucros ou receitas. Se você colocar seu dinheiro em um projeto de crescimento e, em seguida, as vendas caírem, terá de lidar com contas e despesas que não poderá cobrir. Problemas de fluxo de caixa como esse são um motivo comum pelo qual as pequenas empresas falham.

LEIA MAIS: Boeing busca empréstimos de, pelo menos, US$ 10 bi em meio à crise do 737 MAX

Depois que as poupanças e empréstimos pessoais de amigos e familiares acabam, onde você pode pedir mais financiamento? Muitos procuram financiadores de pequenas empresas (incluindo bancos, instituições sem fins lucrativos e instituições online) para encontrar financiamento acessível – e às vezes mais importante – rápido.

Se você é um pequeno empresário que está se preparando para solicitar um empréstimo comercial, precisará entender quais critérios os credores exigem para aprovação. Em outras palavras, como você pode tornar sua empresa o mais atraente possível para os credores, para que eles tenham mais probabilidade de não apenas aprová-lo, mas também dar o valor necessário?

LEIA TAMBÉM: Dona da Louis Dreyfus ofereceu fatia na empresa como garantia em empréstimo de US$ 1 bi

Com base nas descobertas de um recente relatório da Fundera, aqui estão quatro aspectos em que os empresários devem se concentrar para maximizar o financiamento:

  • Receita é mais importante do que lucro para credores alternativos

    A maioria das pequenas empresas não poderá recorrer a um banco para obter um empréstimo, pois os ele preferem trabalhar com empresas grandes e bem estabelecidas, com maiores necessidades de financiamento. E se você precisa de financiamento rápido, pode não haver opção melhor do que credores online.

    A principal coisa com a qual esses credores se preocupam não é a lucratividade, mas a receita. (Receita são os ganhos totais gerados por seus negócios, enquanto lucratividade é o que resta de sua receita depois de você pagar todas as suas despesas e dívidas.) Todas as empresas no top 10 da lista de “maior probabilidade de receber financiamento” tinham receita acima da média, mas nem todas tinham lucro acima da média.

    Na verdade, uma das indústrias mais lucrativas que a Fundera analisou (Evangelismo Religioso e Serviços Relacionados) foi a penúltima em termos de sucesso de financiamento.

    Obviamente, se sua empresa é altamente lucrativa, isso é ótimo. Mas se, nesse estágio, você estiver preocupado principalmente em reinvestir os lucros em seus negócios, isso não vai contar contra você para um credor online.

    Antes de solicitar um empréstimo, explore maneiras responsáveis ​​de aumentar a receita. As principais táticas para isso estão no aumento de quatro métricas: preços, número de clientes, tamanho médio das transações e frequência das transações.

  • Mas para empréstimos a longo prazo, mostre mais lucro

    Embora o lucro não seja essencial para obter um empréstimo de curto prazo, é muito importante se você deseja obter um empréstimo de longo prazo.

    Os credores que oferecem empréstimos de longo prazo, como sem fins lucrativos, querem ver negócios lucrativos e que podem sustentar um prazo de reembolso de muitos anos. Qualquer empréstimo plurianual provavelmente exigirá que o negócio seja lucrativo.

    Segundo o relatório, quase todas as empresas que receberam as maiores somas de financiamento em 2019 tiveram lucros bem acima da média. Se você reinvestiu seus lucros em seus negócios para crescer ou reduzir sua carga tributária no final do ano, é hora de começar a demonstrar mais lucros em suas declarações fiscais. Converse com o contador da empresa sobre a melhor maneira de fazê-lo.

  • Não ignore sua pontuação de crédito pessoal

    Alguns proprietários de empresas não entendem a relevância de sua pontuação de crédito pessoal ao solicitar financiamento empresarial. Aparentemente, parece que essas duas coisas não estão relacionadas: se sua empresa é forte, quem se importa se você teve alguns problemas financeiros pessoais no passado?

    Mas na verdade, os credores se importam. Uma revisão pessoal é praticamente universal por todos os credores. As bandeiras vermelhas em seu histórico podem afundar seu pedido ou limitar suas opções às ofertas menos acessíveis.

    Não é surpresa que, neste relatório, a pontuação de crédito pessoal esteja muito correlacionada ao sucesso no recebimento de financiamento para pequenas empresas.

    Analisar e sinalizar erros no seu relatório de crédito, usar com responsabilidade um cartão de crédito pessoal e ter uma combinação responsável de produtos de crédito (como um empréstimo de carro, hipoteca e cartão de crédito) são formas de melhorar sua ficha.

  • Buscar financiamento para projetos grandes

    De longe, a razão mais comum pela qual pequenas empresas buscaram financiamento no ano passado foi para custear capital de giro. Esse dinheiro pode cobrir uma série de questões, desde lacunas na folha de pagamento até a compra de estoque e o pagamento das contas.

    Esse tipo de necessidade de financiamento é tipicamente muito mais imediato do que o empréstimo para pagar iniciativas de expansão ou crescimento a longo prazo. Portanto, são mais caros e, em geral, para valores menores.

Receita é mais importante do que lucro para credores alternativos

A maioria das pequenas empresas não poderá recorrer a um banco para obter um empréstimo, pois os ele preferem trabalhar com empresas grandes e bem estabelecidas, com maiores necessidades de financiamento. E se você precisa de financiamento rápido, pode não haver opção melhor do que credores online.

A principal coisa com a qual esses credores se preocupam não é a lucratividade, mas a receita. (Receita são os ganhos totais gerados por seus negócios, enquanto lucratividade é o que resta de sua receita depois de você pagar todas as suas despesas e dívidas.) Todas as empresas no top 10 da lista de “maior probabilidade de receber financiamento” tinham receita acima da média, mas nem todas tinham lucro acima da média.

Na verdade, uma das indústrias mais lucrativas que a Fundera analisou (Evangelismo Religioso e Serviços Relacionados) foi a penúltima em termos de sucesso de financiamento.

Obviamente, se sua empresa é altamente lucrativa, isso é ótimo. Mas se, nesse estágio, você estiver preocupado principalmente em reinvestir os lucros em seus negócios, isso não vai contar contra você para um credor online.

Antes de solicitar um empréstimo, explore maneiras responsáveis ​​de aumentar a receita. As principais táticas para isso estão no aumento de quatro métricas: preços, número de clientes, tamanho médio das transações e frequência das transações.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).