Bitcoin atinge maior nível desde setembro

Criptomoeda fechou em US$ 10.268, alta de 4,3%.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERSDado-Ruvic
REUTERSDado-Ruvic

Ainda não está claro o que disparou essa alta

Acessibilidade


A moeda digital Bitcoin atingiu hoje (11) maior valor em quase cinco meses, ampliando um rali em que seu preço subiu quase 50% este ano.

Às 15h42 (horário de Brasília), o bitcoin exibia valorização de 4,3% à US$ 10.268. Mais cedo, a moeda atingiu US$ 10.300, maior cotação desde 19 de setembro.

LEIA MAIS: Prejuízo com crimes de criptomoedas chegam a US$ 4,5 bi em 2019

Não ficou imediatamente claro o que disparou a alta. Operadores de criptomoedas citaram continuação do movimento de valorização que começou em janeiro, quando os Estados Unidos assassinaram o principal comandante das forças de elite do Irã, disparando uma venda acentuada de ativos em mercados tradicionais.

Investidores também atribuem à alta o esperado corte de 50% na produção de bitcoin que deve ocorrer a partir de maio. A regra faz parte do código de programação da criptomoeda e determina redução periódica no número de moedas concedidas a mineradores de bitcoin.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: