Jeff Bezos lança fundo ambiental e doa US$ 10 bilhões para combater mudanças climáticas

ReproduçãoForbes
ReproduçãoForbes

Bezos disse que começará a dar prêmios e incentivos no meio do ano

O CEO da Amazon, Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, anunciou em um post no Instagram hoje a doação de US$ 10 bilhões para combater as mudanças climáticas em uma nova iniciativa chamada Bezos Earth Fund.

“Hoje, estou emocionado em anunciar o lançamento do Bezos Earth Fund”, escreveu o executivo-chefe da Amazon em seu post de anúncio, comprometendo-se a doar US$ 10 bilhões para começar.

Bezos disse que começará a dar prêmios e incentivos no meio do ano e que a nova iniciativa global fará doações para instituições de caridade financiando “cientistas, ONGs ativistas –qualquer esforço que ofereça uma possibilidade real de ajudar a preservar e proteger o mundo natural”.

O Earth Fund é o maior esforço filantrópico de Bezos até hoje –ele já foi criticado por pouco doar para a caridade em comparação com outros bilionários.

Bezos não é exatamente conhecido por seus esforços de caridade no passado. Mais recentemente, em setembro de 2018, no entanto, ele aumentou sua doação em US$ 2 bilhões com o objetivo de ajudar famílias sem-teto e construir uma rede de pré-escolas.

VEJA TAMBÉM: Novo inimigo de Elon Musk, fundador da Rivian tem US$ 3 bilhões em caixa e mira a Tesla

“A mudança climática é a maior ameaça ao nosso planeta”, disse Bezos. “Quero trabalhar ao lado de outros para ampliar maneiras conhecidas e explorar novos jeitos de combater o impacto devastador das mudanças climáticas neste planeta que todos compartilhamos.”

Este não é o seu primeiro esforço para agir contra as mudanças climáticas: em setembro do ano passado, em meio à pressão dos funcionários, Bezos anunciou o Climate Pledge, no qual afirmou que a Amazon cumpriria as metas do acordo climático de Paris e seria neutra em carbono até 2040.

“A Amazon deu um passo ousado ao anunciar o Climate Pledge, comprometendo a empresa a cumprir as metas do Acordo de Paris dez anos antes, e estamos incrivelmente empolgados com o Bezos Earth Fund”, disse um porta-voz da Amazon à Forbes. “A paixão de Jeff e essa extraordinária contribuição pessoal para a luta contra as mudanças climáticas terão um enorme impacto.”

“A Terra é a única coisa que todos temos em comum –vamos protegê-la juntos”, escreveu Bezos. “Serão tomadas ações coletivas de grandes empresas, pequenas empresas, estados-nação, organizações globais e indivíduos.”

Amazon e Bezos enfrentaram críticas no passado sobre políticas de sustentabilidade e mudanças climáticas. A Amazon, que entrega mais de um bilhão de pacotes estimados por ano, foi posteriormente criticada por ter uma enorme pegada ambiental. Menos de 24 horas antes de mais de 1.000 funcionários da Amazon saírem em protesto contra o histórico ambiental da empresa em setembro passado, Bezos anunciou o Climate Pledge da empresa.

Bezos é o homem mais rico do mundo, com um patrimônio líquido de US$ 129,9 bilhões, segundo a Forbes. Ele detém uma participação de 12% na Amazon, que  fundou em 1994, bem como no jornal “Washington Post”.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).