Amazon contratará 100 mil funcionários para lidar com alta no volume de pedidos

Gigante do varejo online também vai destinar US$ 350 milhões para aumentar pagamentos dos entregadores.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
REUTERS_Mike Segar
REUTERS_Mike Segar

O investimento da empresa em novos funcionários será miionário

Acessibilidade


A Amazon.com informou hoje (16) que vai contratar 100 mil funcionários para armazéns e entrega de produtos nos Estados Unidos para lidar com o aumento de pedidos online recebidos pela companhia diante do pânico em torno da pandemia de coronavírus.

A gigante do varejo online afirmou que vai investir US$ 350 milhões para aumentar os pagamentos a estes funcionários nos EUA e Canadá em US$ 2 a hora.

LEIA MAIS: Fed corta juros e bancos centrais globais coordenam ação para limitar impacto do coronavírus

Para o Reino Unido, o reajuste será de £ 2 e na União Europeia a empresa vai pagar cerca de € 2.

A varejista hoje paga US$ 15 a hora para trabalhadores de seus centros de distribuição de produtos nos EUA.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Compartilhe esta publicação: