Apple usa própria cadeia de suprimentos para adquirir 10 milhões de máscaras

Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Tim Cook, CEO da Apple

Tim Cook, CEO da Apple, disse ontem (25) que a companhia usou sua cadeia de suprimentos para adquirir e doar 10 milhões de máscaras protetoras N95 para o combate ao coronavírus, de modo a se juntar às várias empresas de tecnologia da Califórnia que estão ajudando hospitais. Entidades informam escassez de equipamentos de proteção.

Em um tuíte, Cook disse que a equipe de operações da Apple está “ajudando a encontrar e comprar máscaras a partir de nossa cadeia de suprimentos em coordenação com governos de todo o mundo”.

VEJA MAIS: Apple fechará lojas pelo mundo até 27 de março por coronavírus, exceto na China

O CEO havia dito anteriormente que a companhia está trabalhando para doar milhões de máscaras, mas se recusou a revelar se a Apple já as havia armazenado ou se as estava adquirindo de outro lugar.

Os respiradores N95 são máscaras que formam um selo protetor em torno da boca do usuário, filtrando pelo menos 95% das partículas no ar, de acordo com o CDC, o centro de prevenção de doenças dos EUA, que os torna necessários para proteger os profissionais da saúde de serem expostos à doença pelos pacientes .

Por meio de um método um pouco diferente, o Facebook disse que está doando seu estoque de 720 mil máscaras compradas durante os incêndios na Califórnia no ano passado, que pioraram a qualidade do ar na área da baía de São Francisco.

Teddy Schleifer, repórter da “Recode”, escreveu que os sistemas de saúde não devem contar com a generosidade das grandes empresas de tecnologia para compensar as falhas do governo federal. “Mas existe o risco de confiar na filantropia corporativa –e não no governo– para resolver esse problema. Primeiro de tudo, isso depende da generosidade voluntária dessas empresas para lidar com uma emergência sem precedentes, um altruísmo que pode desaparecer a qualquer momento ”, escreveu ele.

A Apple é uma das várias empresas de tecnologia da Califórnia a oferecer máscaras N95. O Facebook, a Salesforce, a Tesla e a IBM também anunciaram doações de máscaras.


Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).