Tintas Iquine compra rival e vira 3ª maior do Brasil em produção

Capacidade de produção vai ser dobrada para 220 milhões de litros por ano.

Redação, com Reuters
Compartilhe esta publicação:
gettyimages-Alistair-Berg
gettyimages-Alistair-Berg

O negócio, segundo a Iquine, torna a companhia a terceira maior do Brasil em volume de produção

Acessibilidade


A Tintas Iquine anunciou hoje (13) acordo com o grupo J. Macedo para compra da rival Tintas Hidracor, em negócio que duplica sua capacidade produtiva no país para cerca de 220 milhões de litros por ano.

O negócio, segundo a Iquine, torna a companhia a terceira maior do Brasil em volume de produção. O valor da operação não foi informado.

A Iquine tem parque industrial em Pernambuco e a Hidracor tem três fábricas no Ceará e presença nos mercados do Norte e Nordeste do país.

LEIA MAIS: Cade investiga supostas condutas anticompetitivas da Bayer e Monsanto

“A aquisição da Hidracor é importante para o fortalecimento e diversificação do nosso portfólio, traz complementaridade nos processos produtivos e melhoria da operação logística, levando a uma maior eficiência de toda a cadeia produtiva”, disse o presidente-executivo da Iquine, Eduardo Moretti, em comunicado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A transação aconteceu apesar das turbulências causadas pela pandemia de coronavírus nos mercados globais, mas em um momento de sinais de retomada da indústria nacional de construção civil.

Em fevereiro, as vendas de cimento por dia útil no país subiram 7,4% sobre um ano antes e 5,8% ante janeiro, segundo dados da associação de fabricantes do insumo, Snic.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: