Xerox adia reuniões com acionistas da HP em meio a temor por coronavírus

REUTERS_Brendan McDermid

O adiamento pode estar impedindo uma oferta bilionária

A Xerox disse hoje (13) que adiará reuniões com acionistas da HP em meio ao surto de coronavírus.

A pandemia matou mais de 4.900 pessoas e pelo menos 134 mil casos foram relatados em todo o mundo. O dano econômico também aumentou, com as bolsas de valores ainda voláteis.

LEIA MAIS: Tudo sobre o coronavírus

“Acreditamos que é prudente adiar lançamentos de apresentações adicionais, entrevistas com a mídia e reuniões com acionistas da HP, para que possamos concentrar nosso tempo e recursos na proteção das várias partes interessadas da Xerox contra a pandemia”, disse o presidente-executivo da empresa, John Visentin, em comunicado.

A HP não respondeu imediatamente aos pedidos de entrevista.

No início do mês, a HP rejeitou a oferta de aquisição da Xerox, de cerca de US$ 35 bilhões, dizendo que ela subvalorizava a fabricante de computadores. A HP também pediu aos acionistas para rejeitarem a oferta, pois ela beneficiaria desproporcionalmente os acionistas da Xerox.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).