Boeing move arbitragem contra Embraer após fim de acordo comercial

Informação foi divulgada pela fabricante brasileira em um documento

Redação
Compartilhe esta publicação:
Roosevelt Cassio/Reuters
Roosevelt Cassio/Reuters

O acordo de US$ 4,2 bilhões entre a Boeing e a Embraer foi interrompido em abril

Acessibilidade


A Boeing levou a Embraer à arbitragem sobre um acordo fracassado de US$ 4,2 bilhões, informou a fabricante brasileira em um documento ontem (1).

Até agora, só se sabia publicamente que a Embraer havia levado a Boeing à arbitragem, irritada com a forma como a fabricante de aviões dos EUA interrompeu abruptamente o acordo em abril, depois de anos trabalhando juntas.

VEJA TAMBÉM: Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, e fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

A Boeing não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. (Com Reuters)

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: