Biosev negocia possível venda para Raízen Energia

Divulgação
Divulgação

Segundo comunicado divulgado, a Biosev confirma que tem mantido tratativas preliminares com a Raízen

A Biosev afirmou ontem (9) que mantém negociações iniciais para possível venda de suas operações para a Raízen Energia companhia que é uma joint venture da Shell e Cosan, conforme fato relevante.

A informação foi divulgada mais cedo pela agência Bloomberg.

LEIA MAIS: Condomínio carioca implementa solução inovadora de energia e reduz conta em 17%

“A Biosev confirma que tem mantido tratativas preliminares com a Raízen que poderão, eventualmente, resultar em uma combinação de seus negócios. Ainda, a Biosev confirma que iniciou discussões com certos bancos credores sobre possível readequação de parte de seu endividamento”, disse o comunicado.

Estaria em cima da mesa uma reestruturação da dívida que veria uma possível extensão dos pagamentos de R$ 7,3 bilhões (US$ 1,4 bilhão) em débitos da Biosev em troca de a Dreyfus pagar parte dela antecipadamente, disseram fontes à Bloomberg em condição de anonimato.

No entanto, a Biosev enfatizou que, até a presente data, não há qualquer acordo ou proposta vinculante acerca de potencial transação com a Raízen, nem mesmo aprovação corporativa para sua realização, ou definição sobre as estruturas a serem eventualmente adotadas tanto para eventual transação como para a readequação do endividamento da Biosev.

“Nessa linha, ressaltamos que não há qualquer garantia sobre a efetivação de qualquer transação entre Biosev e Raízen ou da readequação do endividamento da companhia junto aos bancos credores”, acrescentou. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).