Walmart vende operações na Argentina para varejista local

VIEW press/Getty Images
VIEW press/Getty Images

O Walmart não revelou o valor da operação na Argentina

O Walmart disse hoje (6) que venderá suas operações de varejo na Argentina para o Grupo de Narváez, conforme o país luta para sair de uma crise econômica.

A empresa norte-americana não revelou o valor da operação no país, onde tem mais de 90 lojas, mas disse que o desinvestimento causará perda não monetária de cerca de US$ 1 bilhão após impostos em seu terceiro trimestre fiscal no próximo ano.

LEIA MAIS: Walmart testará entregas com drones autônomos

A Argentina, mergulhada na crise econômica desde 2018, tem sido um mercado difícil para as empresas nos últimos anos. O país está caminhando para uma recessão de quase 12% este ano, diante da pandemia de coronavírus, no que deve ser o terceiro ano consecutivo de retração econômica.

O Walmart Argentina começou a operar em 1995 e atualmente tem cerca de 9.000 funcionários em 92 lojas, incluindo as redes Changomas e Punto Mayorista.

Com a aquisição, o Grupo de Narváez, de propriedade familiar, terá 656 lojas em nove países, incluindo supermercados e lojas de roupas e eletrodomésticos. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).