Após vencer leilão de transmissão, Mez Energia prevê expandir atuação no setor

Empresa arrematou 5 concessões de licitações para novos empreendimentos.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Paulo Whitaker/Reuters
Paulo Whitaker/Reuters

A Mez Energia tem como presidente-executivo o engenheiro civil Mauricio Ernesto Zarzur

Acessibilidade


A Mez Energia, que teve atuação de destaque no leilão de projetos de transmissão de eletricidade realizado pelo governo hoje (17), pretende ampliar os investimentos no setor e pode avaliar a entrada em geração renovável no longo prazo, disse uma executiva da companhia.

A empresa, que pertence a um grupo com os principais negócios no segmento de construção –fator que, segundo ela, permitiu lances mais agressivos– surpreendeu ao arrematar cinco das onze concessões para novos empreendimentos licitadas pelo Ministério de Minas e Energia e pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Ela também ofereceu o maior deságio da disputa, de 70%.

LEIA MAIS: Mercedes-Benz desiste de produzir carros no Brasil

Com o resultado, a Mez terá agora que construir linhas de energia que demandarão aportes estimados pelo órgão regulador em R$ 2,4 bilhões, o maior volume de recursos a ser dispendido entre os vitoriosos na concorrência.

“A Mez veio com uma estratégia realmente agressiva. A meta era levar 7 de 11 (projetos ofertados). A gente levou cinco, então acho que a meta foi alcançada”, disse entre sorrisos a diretora jurídica do grupo Mez, Kelly Santos, durante coletiva de imprensa online após o leilão.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Ela garantiu que a companhia, apesar de ter sido criada em 2019, “tem saúde financeira e capacitação técnica” para levar adiante os empreendimentos.

De acordo com a executiva, o fato de a empresa ter uma construtora em seu grupo viabiliza menores custos, o que foi importante em meio à forte concorrência. Em dois dos lotes nos quais sagrou-se vencedora, os lances da Mez superaram mais de 10 ofertas de rivais.

“O plano de longo prazo é seguir no setor de transmissão, e ampliando as vertentes também para comercialização e geração de energias renováveis”, acrescentou a diretora jurídica, ao ser questionada sobre as perspectivas para a companhia no segmento.

A Mez Energia tem como presidente-executivo o engenheiro civil Mauricio Ernesto Zarzur, que trabalhou antes na EZTEC Engenharia.

Segundo Kelly, a companhia avalia alternativas como financiamentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e emissão de debêntures para captar recursos para os projetos.

A Mez já havia arrematado um empreendimento de transmissão em um leilão realizado no ano passado. Mas a diretora também disse, sem detalhar, que o grupo fez aquisições recentes no segmento.

“Através de M&As (fusões e aquisições, na sigla em inglês), já temos outros empreendimentos, em Goiás e agora no Rio Grande do Sul, já em fase de implantação, de mobilização.”

As concessões adquiridas pela empresa nesta quinta-feira, com contratos de 30 anos, envolvem a construção e futura operação de linhas de energia no Mato Grosso do Sul, São Paulo e Rio Grande do Sul. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: