Israel diz que metade da população recebeu vacina contra Covid-19

Ammar Awad/Reuters
Ammar Awad/Reuters

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu pretende vacinar todos os israelenses acima de 16 anos até o final de março visando reabertura em abril

Israel já administrou ao menos uma dose da vacina contra Covid-19 a 50% da população, e 35% dos israelenses já receberam também a segunda dose, disse o ministro da Saúde, Yuli Edelstein, hoje (26).

Israel conta os palestinos de Jerusalém Oriental, incluídos na campanha de vacinação iniciada em 19 de dezembro, como parte da população de 9,3 milhões de habitantes. Os palestinos da Cisjordânia ocupada e da Faixa de Gaza não são parte da campanha israelense.

LEIA TAMBÉM: Vacina contra Covid-19 da Pfizer reduz transmissão após uma dose, diz estudo britânico

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu pretende vacinar todos os israelenses acima de 16 anos até o final de março, quando concorre à reeleição. Ele diz que isto permitiria uma reabertura pós-pandemia do país em abril.

Mas o Ministério da Saúde está preocupado com a diminuição da procura da vacina Pfizer-BioNTech.

Como contraposição a isso, a pasta está limitando o acesso a alguns locais de lazer que reabriram para pessoas que apresentam um “Passe Verde” em um aplicativo que mostra que foram totalmente vacinadas. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).