Açúcar bruto tem leve recuo na ICE, café arábica sobe

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


NOVA YORK/LONDRES (Reuters) – Os contratos futuros de açúcar bruto fecharam com queda na ICE nesta quarta-feira em meio a estimativas de que a Índia pode iniciar o próximo ano comercial com estoques, mesmo depois de exportar 10 milhões de toneladas do adoçante.

O café arábica terminou em alta.

AÇÚCAR

* O açúcar bruto de julho caiu 0,07 centavo, ou 0,4%, a 19,68 centavos de dólar por libra-peso.

* A Índia pode iniciar o novo ano comercial do açúcar em 1º de outubro com estoques de 6,2 milhões de toneladas, mesmo depois de exportar um recorde de 10 milhões de toneladas, disse o Ministério da Alimentação do país.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

* A Índia impôs restrições aos embarques de açúcar desta temporada, limitando-os a 10 milhões de toneladas.

* A moagem de cana do Brasil ficou abaixo da expectativa do mercado na primeira quinzena de maio, enquanto a produção de açúcar continua abaixo do ano passado.

* O açúcar branco de agosto subiu 7,40 dólares, ou 1,3%, para 563,90 dólares a tonelada.

CAFÉ

* O café arábica de julho subiu 3,4 centavos, ou 1,6%, a 2,1705 dólares por libra​-peso​, após tocar seu menor nível desde meados de maio, a 2,1100 dólares na terça-feira.

* Espera-se que o clima permaneça seco nas áreas de café do Brasil nos próximos dias, o que acelerará a colheita no maior produtor mundial.

* O café robusta de julho subiu 45 dólares, ou 2,2%, a 2.088 dólares a tonelada.

(Reportagem de Marcelo Teixeira e Maytaal Angel)

Compartilhe esta publicação: