Conab reduz previsão de safra de café do Brasil com corte na safra de arábica

Compartilhe esta publicação:

SÃO PAULO (Reuters) – A safra brasileira de café de 2022 foi estimada nesta quinta-feira em 53,4 milhões de sacas de 60 kg, corte de cerca de 2,3 milhões de sacas ante a previsão de janeiro devido à menor expectativa de produção do arábica, informou a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Acessibilidade


A redução no arábica foi parcialmente compensada por um aumento na previsão de safra de café canéfora (conilon/robusta), estimada em um recorde no país.

A variedade arábica sofreu os efeitos de seca e geadas, que limitaram o potencial de colheita em 2022, tido como um ano de alta produtividade da variedade, que tem um ciclo bianual, que alterna melhores e piores resultados.

Por isso, a safra total de café 2022 do Brasil (arábica e canéfora) deve avançar 12% ante 2021, mas terá queda de 15,3% ante recorde de 2020, o último ano de alta do arábica.

(Por Roberto Samora)

Compartilhe esta publicação: