Preços do trigo recuam 1,9% em Chicago após rali; soja e milho sobem

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


Por Mark Weinraub

CHICAGO (Reuters) – Os contratos futuros de trigo dos Estados Unidos caíram 1,9% nesta terça-feira em uma rodada de realização de lucros, com traders monitorando de perto as perspectivas de exportação de grãos da Ucrânia.

“O trigo continua a surfar na onda de retórica variada do Mar Negro que aparentemente muda a cada minuto”, disse Matt Zeller, diretor de informações de mercado da corretora StoneX, em nota aos clientes.

Os futuros do milho e soja estavam firmes, com força no mercado à vista mostrando que a demanda permaneceu forte apesar dos preços elevados.

Na bolsa de Chicago, o trigo soft vermelho de inverno para julho fechou em queda de 21,25 centavos de dólar, a 10,7175 dólares o bushel.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O contrato havia subido mais de 5% na segunda-feira, quando relatos de ataques russos em Kiev e no porto de Mykolaiv diminuíram as expectativas de que um acordo diplomático poderia ser alcançado para retomar os embarques marítimos de grãos ucranianos.

Os futuros do milho para julho subiram 14,50 centavos de dólar, a 7,57 dólares o bushel.

A soja para julho avançou 29 centavos de dólar, a 17,2825 dólares o bushel.

(Reportagem adicional de Gus Trompiz em Paris e Naveen Thukral em Cingapura)

Compartilhe esta publicação: