Sinopec produz sua 1ª carga de biocombustível de aviação a partir de óleo de cozinha

Instalação abre caminho para empresa iniciar a fabricação comercial do biocombustível

Reuters
Compartilhe esta publicação:
Logo com o nome da Sinopec. O fundo é azul e as letras brancas.
REUTERS/Bobby Yip

Sinopec produz sua 1ª carga de biocombustível de aviação a partir de óleo de cozinha

Acessibilidade


A chinesa Sinopec Corp produziu seu primeiro combustível de aviação a partir de óleo de cozinha usado em uma instalação de escala industrial no leste da China, disse hoje (28) a gigante estatal de refino.

A instalação de biocombustível, construída na Sinopec Zhenhai Refining & Chemical Co e capaz de processar 100.000 toneladas de óleo de cozinha usado a cada ano, abre caminho para a Sinopec iniciar a fabricação comercial do biocombustível.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

O biocombustível reduz a emissão de dióxido de carbono em mais da metade, acrescentou Sinopec.

A Sinopec começou a desenvolver o combustível em 2009 e em 2014 conquistou o primeiro certificado.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A Agência Internacional de Energia previu no final de 2021 que a demanda global por biocombustíveis de aviação poderia variar entre 2 bilhõs e 6 bilhões de litros até 2026, acima dos cerca de 0,1 bilhão de litros.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: