USDA eleva previsão da safra velha de soja do Brasil

Compartilhe esta publicação:

 

Acessibilidade


(Reuters) – A safra de soja 2021/22 do Brasil foi estimada nesta sexta-feira em 126 milhões de toneladas, alta de 1 milhão de toneladas na comparação com a previsão de maio, de acordo com avaliação Departamento de Agricultura dos EUA (USDA).

Com a colheita já encerrada, o USDA disse que ajustou a estimativa da safra velha devido ao relato de área plantada maior em Mato Grosso, principal produtor da oleaginosa no Brasil.

Ainda assim, a produção ficará distante do recorde registrado no ciclo anterior, de 139,50 milhões de toneladas, segundo dados do USDA.

Apesar de uma safra menor, o maior produtor e exportador global ainda enviará ao exterior 82,25 milhões de toneladas em 2021/22, superando os 81,65 milhões do ciclo anterior.

O USDA informou ainda nesta sexta-feira a manutenção da estimativa para a nova safra (2022/23) de soja do Brasil, com plantio a partir de setembro, em 149 milhões de toneladas.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

A produção de milho do Brasil 2022/23 foi estimada pelo órgão americano em 126 milhões de toneladas, estável ante a previsão de maio, contra a expectativa de 116 milhões de toneladas para o ciclo atual, também sem alteração.

(Por Roberto Samora)

Compartilhe esta publicação: