Buffett cai em ranking de bilionários depois de escândalo do Wells Fargo

Berkshire Hathaway, companhia do investidor, tem 9,5% das ações do banco acusado de fraude.

Redação
Compartilhe esta publicação:
Warren Buffett (Getty Images)
Warren Buffett (Getty Images)

Warren Buffett perdeu US$ 1,3 bilhão nessa semana (Getty Images)

Acessibilidade


O CEO da Amazon, Jeff Bezos, é, mais uma vez, o terceiro maior bilionário do mundo. Na última quinta-feira (15), ele ultrapassou o investidor Warren Buffett em US$ 2,1 bilhões por conta do escândalo de contas falsas do banco Wells Fargo.

Desde segunda-feira (12), a fortuna de Buffett sofreu queda de 1,3%, enquanto a de Bezos aumentou 1,1%.

VEJA MAIS: 70 maiores bilionários do Brasil em 2016

A Berkshire Hathaway, companhia de Buffett, detém 9,5% do banco norte-americano, que foi multado na última terça-feira (13) em US$ 185 milhões por criar, desde 2011, dois milhões de cartões de crédito e contas correntes para seus clientes sem que eles soubessem.

E AINDA: 70 maiores bilionários do mundo em 2016

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

O escândalo fez com que a instituição financeira voltasse atrás em suas agressivas metas de vendas e serviços, fazendo com que a fortuna de Buffett caísse de US$ 66,9 bilhões para US$ 65,5 bilhões. Desde 2001, ele era o segundo maior bilionário norte-americano, agora ultrapassado por Bezos, com uma fortuna estimada em US$ 67,3 bilhões.

Compartilhe esta publicação: