A dupla espanhola que captura a beleza da arquitetura a partir de fotografias

Anna Devis e Daniel Rueda
Anna Devis e Daniel Rueda

Como a maioria dos arquitetos e fotógrafos, Anna e Daniel estão sempre em busca de espaços novos e interessantes

Os fotógrafos espanhóis Anna Devis e Daniel Rueda viajam pelo mundo em busca dos edifícios mais peculiares para contar suas histórias. Caprichosos, coloridos e cheios de alegria, o estilo único de suas fotografias faz das fachadas dos edifícios perfeitas obras de arte.

Anna e Daniel podem ter apenas 29 anos de idade, mas já acumularam uma lista de clientes corporativos que faria qualquer agência de publicidade estabelecida ficar verde de inveja. Participantes do renomado grupo de fotógrafos Hasselblad Ambassadors, eles também foram incluídos na lista Forbes Under 30 2020 da Europa, na categoria Arte e Cultura. Anna Devis também foi nomeada como Hasselblad Heroine –uma heroína do mundo fotográfico segundo a Hasselblad Ambassadors.

LEIA MAIS: 50 anos de Araquém Alcântara: “Fotografia é, para mim, como a respiração”

Os edifícios mais peculiares do mundo

A dupla poderosa viaja pelo mundo em busca de edifícios atraentes para usar como sua tela artística. Como arquitetos treinados, eles compartilham uma estética única, criando imagens surreais sem qualquer software de edição de fotos. Em vez disso, suas composições são ambientadas na vida real, usando papel, adereços feitos à mão, locais coloridos e toneladas de luz natural. As fachadas são frequentemente contrastadas com um toque de cor brilhante precisamente posicionado ou um modelo em uma pose perfeitamente executada (geralmente a própria Anna).

Anna Devis e Daniel Rueda

Como a maioria dos arquitetos e fotógrafos, eles estão sempre em busca de espaços novos e interessantes

“Nosso objetivo com essas imagens é aproximar a arquitetura das pessoas, um edifício de cada vez, usando criatividade e humor para espalhar a paixão dos arquitetos pelas cidades que projetam. Em nosso trabalho, em vez de ficarem em segundo plano, essas estruturas às vezes mundanas, mas sempre lindas, são trazidas ao centro das atenções, finalmente recebendo todo holofote que realmente merecem”, comentam Anna e Daniel.

Como a maioria dos arquitetos e fotógrafos, eles estão sempre em busca de espaços novos e interessantes. “Temos muitas ideias que mal podemos esperar para concretizar, mas isso não acontecerá até que encontremos o local perfeito para isso.”

Sem software de edição de fotos

Todos os seus adereços são feitos à mão e, além de algum processamento básico de imagem, suas cenas surreais são criadas sem o uso de softwares de edição de fotos.

“Tudo o que você vê na foto estava realmente lá no momento em que a tiramos, incluindo os lugares às vezes inacreditáveis ​​em que a maioria de nossas histórias visuais acontecem”, dizem.

Muito pouco é deixado ao acaso enquanto Anna e Daniel se preparam para uma próxima sessão de fotos.

“Não há quase nada aleatório ou fortuito em nosso trabalho”, destacam, acrescentando que só é possível criar uma imagem quando o conceito e a localização estão perfeitamente alinhados. “Como se isso não fosse complicado o suficiente, tudo isso se torna ainda mais difícil no exterior, já que temos poucos dias em apenas um lugar quando viajamos.”

Planejamento cuidadoso

Antes de partirem em uma viagem, os dois gastam seu tempo planejando meticulosamente a cena, pesquisando os edifícios online, descobrindo as condições de iluminação, esboçando suas ideias e montando todos os equipamentos e acessórios necessários.

Anna Devis e Daniel Rueda
Anna Devis e Daniel Rueda

Como arquitetos treinados, eles criam imagens surreais sem qualquer software de edição de fotos

“Sempre tentamos sair com a maior parte do dever de casa feito, mas há tantas coisas a levar em consideração que nem sempre isso é possível”, admitem. “Graças a Deus sempre há espaço para alguma boa e velha improvisação!”

Nem é preciso dizer que 2020 não foi o ano mais fácil para dois criativos cujo trabalho depende de viagens.

A paralisação da Espanha foi uma dos mais rígidas do mundo

“Nossa produção artística ficou comprometida por um tempo durante o paralisação nacional da Espanha por conta do coronavírus, já que todas as nossas imagens são tiradas ao ar livre e não podíamos sair de casa a menos que fôssemos ao supermercado ou ao hospital”, afirmam. “Agora que as medidas de segurança diminuíram, nosso fluxo de trabalho não mudou muito. Não nos interpretem mal, mal podemos esperar para entrar em um avião e ir a algum lugar que nunca estivemos antes, mas, nesse ínterim, estamos nos divertindo muito descobrindo partes de nossa cidade que nunca teríamos colocado os olhos antes!” eles continuam.

Anna e Daniel sempre buscaram conectar as pessoas com a arquitetura por meio de suas fotografias e esperam continuar a inspirar nestes tempos incertos.

VEJA TAMBÉM: Macallan chama lenda da fotografia para lançamento do Double Cask

Otimismo e fascínio

“Nosso trabalho transmite uma mensagem um pouco diferente agora que nos pediram para não viajar a menos que seja absolutamente necessário”, contam. “É um sentimento de otimismo para o futuro e fascínio pelo mundo que nos rodeia.”

“Não importa quanto tempo demore para voltar ao normal, cidades ao redor do mundo estarão esperando por nós. E mesmo que não estejamos por perto no momento, os edifícios estão sorrindo para nós, nos lembrando que as ruas podem estar vazias, mas a cidade ainda está cheia de vida ”, concluem Anna e Daniel.

A dupla fotográfica espanhola é representada pela galeria THINK + feel Contemporary em Miami, Flórida.

Veja na galeria abaixo quatro das fotos mais icônicas de Anna e Daniel, em suas próprias palavras:

  • Face-ade: A fotografia de arquitetura é entediante? Nós não pensamos assim! Nós realmente acreditamos que tudo depende de como você encara as coisas. Os edifícios podem ser interessantes e divertidos de olhar! Considere este beco a apenas alguns quarteirões de nossa casa em Valência como um exemplo. É uma fachada normal, como outra qualquer, com duas janelas simples, ou um personagem sério esperando que alguém ponha um sorriso no rosto? Realmente cabe a nós decidir!

    Anna Devis e Daniel Rueda
  • Peek-a-Book: The Education City, em Doha, não é apenas uma iniciativa para a educação, ciência e desenvolvimento comunitário. É também o lar de alguns dos edifícios mais icônicos que já vimos! Um dos nossos favoritos é este, o Multaqa Student Center, o lugar perfeito para parar depois da aula para uma leitura rápida, ou para um verdadeiro jogo de esconde-esconde, ou ambos! Por que escolher? Você pode ter tudo com esse joguinho que gostamos de chamar de Peek-a-book! (referência à brincadeira infantil conhecida como “peekaboo” ou esconde-esconde)

    Anna Devis e Daniel Rueda
  • Mulher vitruviana: Antes de nossa viagem, todos nos diziam que, se tivéssemos a chance de visitar Berlim, deveríamos tirar uma foto no edifício Marie-Elisabeth Lüders. E assim fizemos, claramente influenciados pelo Homem Vitruviano, de Leonardo Da Vinci. Mas, agora não tenho certeza se é a perspectiva ou se talvez aquelas horas árduas na academia estão começando a fazer efeito, mas vocês não concordam que Anna está definitivamente começando a “entrar em forma”?

    Anna Devis e Daniel Rueda
  • Lig 4: Eu não suporto jogos de tabuleiro, eu os acho chatos ou excessivamente complicados. Por outro lado, Anna não sente o mesmo em relação a eles. Ela é uma verdadeira fanática! Ela só consegue esquecê-los quando estamos viajando, ou assim pensei… Porque quando descobrimos sobre 500 Brickell, um complexo residencial em Miami, ela não conseguia parar de pensar na ideia do jogo “Lig 4” até que realmente a transformamos em a realidade.

    Anna Devis e Daniel Rueda

Face-ade: A fotografia de arquitetura é entediante? Nós não pensamos assim! Nós realmente acreditamos que tudo depende de como você encara as coisas. Os edifícios podem ser interessantes e divertidos de olhar! Considere este beco a apenas alguns quarteirões de nossa casa em Valência como um exemplo. É uma fachada normal, como outra qualquer, com duas janelas simples, ou um personagem sério esperando que alguém ponha um sorriso no rosto? Realmente cabe a nós decidir!

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).