Microsoft passa Apple e se torna a empresa mais valiosa do mundo

Microsoft ultrapassa a Apple, após queda das ações da fabricante do iPhone .

Redação
Compartilhe esta publicação:

REUTERS/Mike Segar
A Microsoft se tornou a empresa mais valiosa do mundo na quinta-feira (28), ultrapassando a Apple que ocupou esta posição por mais de um ano. A mudança de posições ocorreu depois que as ações da fabricante do iPhone despencaram em reação ao seu decepcionante relatório de lucros um dia antes.

Acessibilidade


As ações da Apple caíram quase 4% na manhã de quinta, para US$147,10 por ação, reduzindo a capitalização de mercado da empresa para US$ 2,43 trilhões. Os papéis da Microsoft, por sua vez, subiram 0,9%, para US$ 327,30 por ação, dando à companhia uma capitalização de mercado de US$ 2,45 trilhões. A Apple relatou ganhos muito abaixo do esperado no terceiro trimestre após o fechamento do mercado na quinta-feira. A receita ficou abaixo das expectativas por causa das restrições da cadeia de suprimentos, que a empresa disse ter custado o equivalente a US$ 6 bilhões em vendas.

Já as ações da Microsoft subiram mais de 5% desde que anunciou um 11º trimestre consecutivo de ganhos melhores do que o esperado na terça-feira. Os papéis superam bastante os da Apple no ano até agora, subindo 50% em comparação com apenas 13,5% da fabricante do iPhone.

A Apple foi a primeira empresa a ultrapassar US$ 1 trilhão e US$ 2 trilhões em valor de mercado, marcos que atingiu em agosto de 2018 e agosto de 2020, respectivamente. A fabricante do iPhone se tornou a empresa mais valiosa do mundo em julho de 2020, depois de ultrapassar a gigante do petróleo da Arábia Saudita, a Saudi Aramco

Várias outras empresas têm valores de mercado de mais de US$ 1 trilhão, incluindo a Alphabet, controladora do Google, (US$ 1,95 trilhão) e a Amazon (US$1,68 trilhão). A fabricante de carros elétricos Tesla também ultrapassou recentemente US$ 1 trilhão. O aumento contínuo das ações da Tesla fez de seu cofundador e CEO, Elon Musk, a pessoa mais rica do mundo – para não mencionar a mais rica da história – com um patrimônio líquido de US$ 286,8 bilhões, de acordo com estimativas da Forbes.


Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.
Compartilhe esta publicação: