Ibovespa fecha em queda em dia de bolsas fechadas em Nova York

No contexto doméstico, a paralisação dos servidores públicos deverá se tornar o principal foco do mercado nos próximos dias.

Isabella Velleda
Compartilhe esta publicação:

Acessibilidade


O Ibovespa fechou hoje (17) em queda de 0,52%, a 106.373 pontos, em dia de menor liquidez por conta do feriado de Martin Luther King nos Estados Unidos. A Vale (VALE3) foi a principal influência negativa para o índice, registrando queda de 0,52%.

Os preços do petróleo foram impulsionados pelas expectativas de que a oferta global irá permanecer apertada. A compra frenética da commodity, impulsionada por interrupções no fornecimento e sinais de que a variante Ômicron não será tão perturbadora como se temia anteriormente, levou alguns tipos de petróleo a máximas de vários anos.

Acompanhe em primeira mão o conteúdo do Forbes Money no Telegram

A Petrobras PN ( PETR4) registrou avanço de 0,16%.

No contexto doméstico, a paralisação dos servidores públicos deverá se tornar o principal foco do mercado nos próximos dias. “A greve pode fazer muito preço no mercado, principalmente pela quantidade de adeptos. Isso pode levar a bastante volatilidade”, comenta Dennis Esteves, especialista em renda variável da Blue3.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Funcionários do Banco Central prometem paralisar as atividades do órgão por algumas horas amanhã (18).

Divulgado hoje, o IGP-10 (Índice Geral de Preços-10) subiu 1,79% em janeiro, sob influência de importantes commodities no atacado, depois de recuar 0,14% em dezembro, informou a FGV (Fundação Getulio Vargas).

Por outro lado, o IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central), sinalizador do PIB (Produto Interno Bruto) nacional, registrou avanço de 0,69% em novembro em relação a outubro.

Os destaques positivos da sessão incluíram os papéis do Cielo (CIEL3), Qualicorp (QUAL3) e Tim (TIMS3), que avançaram 4,95%, 2,76% e 2,45%, respectivamente.

O dólar fechou em leve alta de 0,24%, negociado a R$ 5,5261 na venda, dia em que o mercado ficou à mercê de fluxos pontuais sem a referência das operações nos Estados Unidos, onde as bolsas de valores não abriram. (Com Reuters)

Compartilhe esta publicação: