Independência financeira: é melhor ter

Divulgação
O GIMI (Grupo Independente de Mulheres Investidoras) é uma plataforma de educação financeira especializada em ensinar exclusivamente mulheres a cuidarem de dinheiro

A vida propõe desafios inesperados e imprevisíveis para todas nós, independentemente da sua origem, de seu nível de instrução ou até mesmo de quanto dinheiro você tenha.

Ninguém casa pensando em se divorciar. Em uma carreira, quanto mais sucesso, menos tempo para cuidar de si, de sua família e de suas finanças. Talvez você seja uma mãe recém-divorciada, uma mulher solteira e cheia de objetivos, uma mulher casada que decidiu se interessar pelo dinheiro da família. O que fazer para ter independência financeira? As estatísticas estão aí e devemos aprender conviver com as evidências: 74% das mulheres acabam sozinhas, e 80% vão precisar cuidar de dinheiro ao longo de sua vida.

No mundo dos investimentos, quanto mais sucesso, mais livre seremos e maior é o nosso poder de escolha.

Delegar totalmente a administração do dinheiro ao gerente de banco, a um conhecido próximo, a assessores de investimentos ou a family offices, pode prolongar o processo de independência, além de ser arriscado e caro. Saber quais produtos financeiros comprar e quais os custos envolvidos em cada operação significa taxa de sucesso na administração dos recursos.

E por que não fazemos com o nossas finanças o que deve ser feito?

Desculpas incrementam nosso portfólio de procrastinação. Não o fazemos porque achamos esse assunto uma atribuição masculina, ou porque pensamos não ter dinheiro suficiente. O medo de uma possível perda é dolorosa para nós, que somos altamente cobradas pela sociedade.

Seremos sempre reféns das opiniões alheias enquanto não tivermos nosso pé-de-meia. Falta-nos educação financeira para tomar as rédeas da própria vida e desfrutar da verdadeira liberdade de financiar nossos mais íntimos desejos.

O GIMI (Grupo Independente de Mulheres Investidoras) surgiu pensando nisso. É uma plataforma de educação financeira especializada em ensinar exclusivamente mulheres a cuidarem de dinheiro. O GIMI Network, por meio de aulas presenciais (por ora suspensas) e onlines, promove uma verdadeira quebra de paradigmas culturais. Formado por uma rede de mulheres que inspira, apoia e ajuda na construção das aspirações financeiras, os cursos e palestras educam de maneira acessível, simples e objetiva. As participantes, além de ampliarem seus conceitos, podem aumentar seu network com outras mulheres e especialistas em diversos setores da economia.

Eis o caminho para se jogar e fazer alguma coisa pelo seu futuro. Afinal, existe algo mais útil a se comprar que não sua liberdade?


Francine Mendes é educadora financeira para mulheres, economista pela Universidade Federal de Santa Catarina, com mestrado em psicanálise do consumo pela Universidade Kennedy. Apresentadora do canal Mary Poupe, no YouTube, e comunicadora na RiCTV Record.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores e não refletem, necessariamente, a opinião de Forbes Brasil e de seus editores.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).