Como se comunicar bem e explicar melhor o ponto de vista

Além da fala, a expressão física é essencial na hora de conversar com as pessoas.

Compartilhe esta publicação:

Quer convencer alguém? Seja o mais direto possível. Esta é a regra número um de acordo com Karen Friedman, ex-repórter de televisão e atual consultora de comunicação. “É muito comum ter um diálogo vago no ambiente de trabalho”, explica a norte-americana que acaba de lançar um livro sobre a melhor maneira de convencer as pessoas com um ponto de vista.

Acessibilidade


Nesta hora, estar em um cargo superior não significa nada. Os chefes podem ser tão vagos como seus funcionários. O importante não é ter autoridade, mas mostrar para os outros por que tal tarefa deve ser executada. “Chefes costumam dizer: ‘você pode fazer esse relatório para mim? É muito importante e eu gostaria muito de recebê-lo’”, afirma Friedman. Uma maneira mais eficaz de entregar a mensagem seria: “Você pode, por favor, fazer esse relatório para mim? Eu gostaria que ele estivesse na minha mesa até 17h na sexta-feira”.

Outro ponto importante em que Friedman gosta de destacar é: não seja prolixo. “As pessoas não precisam saber de tudo que você sabe”, ela explica. “Selecione o ponto mais importante que você precisa, fale a ideia central”.

Sua atitude ao falar também é importante. “Não são apenas suas palavras que transmitem uma mensagem”, explica a autora. “É tudo de você”. Se você está com uma postura desleixada, suas mãos estão em seus bolsos e você está evitando o contato direto nos olhos da outra pessoa, ela vai ter a impressão de que você não quer se comunicar com ela. Outro detalhe importante: mantenha os dedos e os olhos longe de seu celular.

Para fechar, a especialista não deixa passar um passo difícil, mas crucial: sempre dê notícias ruins pessoalmente. Pode parecer mais fácil enviar por e-mail, mas imagine como você se sentiria se estivesse no lugar da pessoa recebendo a notícia.

Compartilhe esta publicação: