5 práticas essenciais para ser um líder mais autêntico

GettyImages/ Thomas Barwick
GettyImages/ Thomas Barwick

Um líder precisa ser autêntico com seus funcionários e estar atento a todos os detalhes

Como você pode ser melhor como líder? Doug Conant, ex-CEO da Campbell Soup Company, ex-presidente da Nabisco Foods e ex-presidente da Avon Products pode ter as respostas. Em seu novo livro, “Blueprint: 6 Practical Steps to Lift Your Leadership to New Heights” (“Blueprint: 6 passos práticos para elevar sua liderança a novos patamares”, em tradução livre), escrito por Amy Federman, Conant quer que aspirantes a líderes de todos os níveis encontrem seus caminhos e aprimorem seu jogo.

LEIA MAIS: 5 razões por que líderes falham em igualdade racial e como consertar o problema

Conant escreve como alguém que se sentou na cadeira do líder e andou pelos corredores. Ele compartilha perguntas e reflexões práticas para ajudá-lo a construir sua própria base para o sucesso na liderança. Ao adaptar os princípios de Conant à sua própria situação, você ganhará confiança em sua capacidade de liderar e poderá construir uma base mais forte de seguidores.

  • 1. Lidere ouvindo

    Conant recomenda que você se esforce para saber de onde vem seu público ou seus stakeholders. Ele diz que os líderes falham quando desenvolvem um plano prospectivo, mas lideram a partir de seus próprios instintos ou experiência sem consultar intensamente o suficiente os seus vários grupos constituintes. Ao fazer perguntas penetrantes e ouvir profundamente seus stakeholders (clientes, membros do conselho) tanto pelo que está sendo dito quanto pelo que não está sendo dito, você começará a entender o que eles realmente estão procurando antes de tentar obter seu voto a favor.

    Ao investir tempo e energia e se engajar fervorosamente em diálogos abertos e ouvir os funcionários, você irá torná-los totalmente integrados. Segundo Conant: “Você os coloca exatamente onde os deseja, porque eles estão prontos para realizar. Eles estão com você e percebem que você realmente entende e realmente se importa. As pessoas boas só querem trabalhar para quem pode ajudá-las a navegar no [cenário complicado de hoje] e ouvi-las, não apenas mandar nelas.”

    GettyImages/ Thomas Barwick
  • 2. Tenha certeza de que a pessoa que lidera é o seu verdadeiro eu

    Conant faz referência à sua própria história de carreira: “Quanto mais me dedico ao meu trabalho e mais me abro às pessoas, mais me conecto com elas e melhor é o desempenho”. Ele ressaltou que é possível encontrar uma cultura de trabalho que se cruze fortemente com seus próprios valores, mesmo que você não concorde com todas as posições adotadas por sua gerência.

    A recomendação dele é: “Concentre-se no seu círculo de influência e no seu círculo de controle. Não se trata de como as pessoas acima de você estão se comportando. Você precisa ser o líder de todos os níveis. Você pode encontrar uma maneira de liderar de uma maneira mais esclarecida, ser mais de si mesmo, ainda ter padrões rígidos, ainda se preocupar com as pessoas. Você é claro com os funcionários, é transparente com eles, tem grandes expectativas, mostra que se importa. Mas você realmente precisa se ancorar em quem você é e como quer aparecer”.

    GettyImages/ Klaus Vedfelt
  • 3. Dê pequenos passos para mostrar os pequenos progressos

    Mesmo que os líderes declarem visão, missão e caminho para suas organizações e equipes, também é necessário ser eficaz nas atividades diárias, para que os funcionários reconheçam que as ações estão sendo tomadas e o progresso está ocorrendo. Conant dá o exemplo de quando chegou à Campbell’s. A empresa estava em péssimas condições e o prédio e o terreno eram negligenciados.

    “As coisas estavam tão ruins, que eles haviam interrompido o serviço de jardinagem na fábrica. Mas as plantas ainda estavam lá e todas morreram. Poderíamos remover as plantas mortas, colocar plantas vivas, ter um serviço de jardinagem. Poderíamos começar a fazer mudanças incrementais a cada ano, culminando em uma instalação de classe mundial, uma década depois, que construímos perto do fim do meu mandato. Pintar as calçadas, livrar-se do arame farpado, colocar cercas imobiliárias era um investimento minúsculo no orçamento corporativo. Mas envia um sinal que diz: ‘Podemos fazer melhor’.”

    GettyImages/ Portra Images
  • 4. Seja obstinado e delicado

    Conant descreve duas dimensões cruciais para a liderança. Primeiro, você deve demonstrar responsabilidade e cumprir seus objetivos. Ao mesmo tempo, porém, “você precisa entender que os líderes precisam de seguidores que farão o trabalho quando você não estiver olhando e representarão seus melhores interesse. Eles precisam acreditar que podem contar com você, que você se importa com eles.” Pode ser difícil pensar em como alcançar os dois ao mesmo tempo, e Conant compartilhou um exercício produtivo. Ele sugeriu que as pessoas pensassem em alguém que teve um impacto tão significativo e profundo em seu desenvolvimento que essa pessoa se tornou parte essencial de liderança e de história de vida.

    Ele pergunta se essa pessoa (geralmente não um chefe, mas um avô ou professor) tinha altos padrões. Quase todo mundo responde afirmativamente, e ele então pergunta se eles também se importavam profundamente com as pessoas e mostravam seu carinho e amor de uma maneira que fizesse as pessoas quererem não decepcioná-los. Ele, então, propõe que você use essa pessoa como seu modelo para ter uma mente com altos padrões e um grande coração, para que, ao trabalhar com pessoas, elas também sejam inspiradas a oferecer os melhores resultados.

    GettyImages/ Hinterhaus Productions
  • 5. Enfatize o que está funcionando

    Conant acredita que “mesmo nas empresas mais falidas, oito em cada dez coisas estão sendo feitas corretamente por pessoas boas”. Além de dar responsabilidades para as pessoas e prestar muita atenção às suas necessidades e preferências, uma das maneiras mais eficazes de construir para o futuro e conseguir vantagens é dar mais espaço para as coisas e as pessoas que estão funcionando bem. Como diz Conant, “é muito mais fácil focar nas coisas que estão funcionando e reconhecer as pessoas que estão fazendo a diferença. E quanto mais você faz isso, mais energia você dá, mais apoio elas recebem, melhor elas trabalham e melhor você se sente.” E isso faz da sua liderança uma experiência gratificante para todos os envolvidos.

    Estes são tempos muito desafiadores para ser um líder. Mas, se você atender profundamente às opiniões e preocupações dos outros e destacar o progresso e as realizações de sua equipe (enquanto simultaneamente delega responsabilidades as pessoas para entregarem altos padrões) os membros da equipe vão querer segui-lo e você poderá interagir com eles como um líder e um ser humano completo.

    GettyImages/ Tom Werner

1. Lidere ouvindo

Conant recomenda que você se esforce para saber de onde vem seu público ou seus stakeholders. Ele diz que os líderes falham quando desenvolvem um plano prospectivo, mas lideram a partir de seus próprios instintos ou experiência sem consultar intensamente o suficiente os seus vários grupos constituintes. Ao fazer perguntas penetrantes e ouvir profundamente seus stakeholders (clientes, membros do conselho) tanto pelo que está sendo dito quanto pelo que não está sendo dito, você começará a entender o que eles realmente estão procurando antes de tentar obter seu voto a favor.

Ao investir tempo e energia e se engajar fervorosamente em diálogos abertos e ouvir os funcionários, você irá torná-los totalmente integrados. Segundo Conant: “Você os coloca exatamente onde os deseja, porque eles estão prontos para realizar. Eles estão com você e percebem que você realmente entende e realmente se importa. As pessoas boas só querem trabalhar para quem pode ajudá-las a navegar no [cenário complicado de hoje] e ouvi-las, não apenas mandar nelas.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).