No Ponto: Zero grau ou zero graus?

Apesar de parecer óbvio, o uso do numeral zero gera algumas dúvidas

Cíntia Chagas
Compartilhe esta publicação:

O que é correto escrever e falar quando o termômetro indica o zero? Cíntia Chagas esclarece a dúvida

Acessibilidade


O termômetro marcou zero grau ou zero graus? A resposta parece evidente, leitor, mas boa parte das pessoas cultas que conheço falam, sem perceber, zero graus. O óbvio, às vezes, deixa de ser ululante. 

O problema não reside na palavra grau, mas no numeral zero, já que o erro em questão ocorre também com o vocábulo quilômetro (estava a “zero quilômetros” por hora). Outro erro corriqueiro seria “zero reais”. 

Leia mais: No Ponto: A grafia das horas

Convém, então, explicar que zero se refere a uma quantidade inexistente, ou seja, se não há valor absoluto, torna-se inaceitável a concordância no plural. Desse modo, o termômetro marcou zero grau, não “zero graus”.   

Ah! E o meu furor pedagógico obriga-me a deixar registrado também que o correto é automóvel zero-quilômetro, com hífen e sem plural. Nesse caso, zero-quilômetro é adjetivo, mas fica no singular. Assim, veículo zero-quilômetro, veículos zero-quilômetro. 

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

E fim de papo.

Até semana que vem.

Cíntia Chagas é uma professora que sempre leva humor e conhecimento ao público. Escritora de dois best-sellers da editora HarperCollins, ela coleciona milhares de alunos nos cursos virtuais que ministra. Palestrante e instagrammer, provou que irreverência, humor e educação podem e devem andar juntos.

Leia mais: Inscreva-se para a seleção da lista Under 30 2022

Compartilhe esta publicação: