5 maneiras de ficar mais inteligente

Uma nova ciência sugere maneiras de aprender mais e se lembrar das coisas

Tracy Brower
Compartilhe esta publicação:
Getty Images
Getty Images

Além de aumentar a resiliência e te deixar mais inteligente, o aprendizado também está atrelado à felicidade

Acessibilidade


Com tanta coisa acontecendo tão rápido, é difícil ficar a par de tudo o que você precisa saber. Nesse ambiente, o sucesso está ligado à rapidez com que você consegue aprender e se adaptar e quão bem você pode se lembrar das coisas. Uma nova ciência sugere novas maneiras de fazer tudo isso melhor.

Além de aumentar a resiliência, o aprendizado também está atrelado à felicidade. Quando você está aprendendo algo novo, tende a sentir mais alegria. Isso provavelmente ocorre porque o aprendizado te expõe a novas perspectivas, faz com que você explore um pensamento mais profundo e te lembre de suas capacidades, dando uma sensação de esperança.

Então, como você pode aprender mais?

Controle o contexto

Uma das principais maneiras pelas quais você pode melhorar seu aprendizado é por meio do controle das condições nas quais você obtém novas informações.

1 – Reduza as distrações

Primeiro, você pode administrar ativamente as distrações. Um estudo da Universidade Simon Fraser descobriu que quando as pessoas conseguem gerenciar as distrações ao seu redor, elas são mais capazes de lembrar o que leram ou aprenderam. Portanto, desligue o telefone, silencie suas notificações e encontre um lugar tranquilo, livre de distrações visuais ou sonoras. Essas etapas te ajudarão a aprofundar seu aprendizado, a se envolver mais profundamente e, portanto, a lembrar mais.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

2 – Durma o suficiente

Além disso, certifique-se de dormir o suficiente. Repetidamente, pesquisas descobrem que o sono é fundamental para consolidar novas informações e dar sentido a elas. Em particular, um estudo da Universidade da Califórnia descobriu que durante o sono as pessoas constroem associações entre itens não relacionados. A criatividade e a resolução de problemas são significativamente alimentadas ao juntar coisas diferentes de novas maneiras e conectar pontos em direção a novas soluções, de modo que o sono funciona como uma maneira de pavimentar o caminho para essa capacidade de encontrar relações entre itens e conceitos.

Além disso, pesquisas sobre o sono sugerem que sonhar é fundamental para ajudar as pessoas a se adaptarem a situações desconhecidas e desafiadoras. A maioria dos sonhos são bastante comuns e memoráveis, mas sonhos com ameaça, medo ou perigo tendem a ficar guardados. As teorias sobre o assunto incluem a crença de que os cérebros usam esses tipos de sonhos para aumentar a resiliência e a adaptabilidade, preparando a pessoa para situações difíceis. Quando você foge do monstro em seu sonho, você se prepara para encontrar a saída de uma situação difícil no trabalho.

3 – Busque experiências diversas

Outra maneira de ficar mais inteligente é se expor a situações variadas, interessantes e inesperadas. Uma pesquisa da Universidade Estadual de Ohio descobriu que quando as pessoas são expostas a novas experiências, mesmo que não estejam procurando aprender, isso tende a torná-las mais prontas para receber novas informações e retê-las com mais eficiência. Assim como o sonho te prepara para o desafio, experiências variadas te preparam para a abertura ao que é novo e expandem sua capacidade de perceber e reter coisas novas.

Controle seu pensamento

Outra maneira de aprender e lembrar mais é controlar seu próprio pensamento.

4 – Mantenha o foco

O aprendizado requer esforço e um nível de absorção em sua tarefa, e você pode aprender a ser mais atento. Um estudo da Universidade do Texas descobriu que quando as pessoas estão sendo treinadas em uma situação com o mesmo conteúdo, elas aprendem mais lentamente. Mas quando elas são expostas a conteúdos diferentes, elas aprendem mais rapidamente porque têm que se concentrar mais.

Com tantas informações chegando até nós o tempo todo, dar atenção profunda às tarefas pode ser um desafio. A atenção parcial contínua pode nos roubar a eficácia e a eficiência. Pratique dar toda a sua atenção a uma tarefa. Coloque um alarme para que você possa se concentrar em algo por um período definido, e selecione tarefas que te estimulem, para que você não fique entediado com elas. Também se envolva ativamente em uma tarefa fazendo perguntas ou envolvendo outras pessoas, para ficar mais focado.

5 – Acredite em si mesmo

Podem ter te falado alguma vez que você é inteligente, ou talvez que você simplesmente não tinha o que era preciso. Mas qualquer um desses tipos de feedback é prejudicial porque sugere que a inteligência e as habilidades estão estagnadas e são imutáveis. Na realidade, sua capacidade de aprender, desenvolver, crescer e se adaptar são vivas e você pode fortalecê-las ao longo de sua vida.

Um estudo da Universidade de Calgary descobriu que os alunos eram mais bem-sucedidos quando eram lembrados de que sua inteligência era maleável e os objetivos de aprendizado eram alcançáveis. Chamada de mentalidade de crescimento, essa perspectiva fornecerá a força necessária para aumentar não apenas sua confiança, mas também sua competência em novas habilidades.

Resumindo

Nada é imutável, mas, hoje em dia, as coisas parecem estar mudando mais rapidamente e de forma mais significativa do que antes. Sua capacidade de aprender e crescer serão as variáveis ​​que impulsionam seu sucesso, mas também sua felicidade.

O burnout é caracterizado quando a pessoa se sente presa e incapaz, então quando você abraça o aprendizado e se concentra em maneiras de ficar mais inteligente e reter mais informação, você contribui para seu próprio sentimento de vitalidade e capacidade de caminhar em direção a um futuro mais esperançoso.

>> Inscreva-se ou indique alguém para a seleção Under 30 de 2022

Compartilhe esta publicação: