Secretário do Ministério da Saúde responsável por combate ao coronavírus pede demissão

Marcello Casal Jr _ Agência Brasil
Marcello Casal Jr _ Agência Brasil

Wanderson da Silva ficará no cargo somente até o fim da semana

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, responsável diretamente pelo combate à epidemia de coronavírus, pediu demissão na manhã de hoje (15), informou o ministério.

Um dos homens de confiança do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, Wanderson enviou uma carta a seus subordinados na manhã de hoje avisando que não ficaria mais no ministério e que o ministro havia informado a seus auxiliares que seria demitido até o final desta semana.

LEIA MAIS: Ministro de Minas e Energia testa positivo para coronavírus

Na reunião dos secretário esta manhã, Wanderson informou aos colegas que fica no cargo apenas até sexta-feira (17), com ou sem a demissão do ministro.

Mandetta manteve sua decisão de que aguardará sua demissão e não pedirá para sair. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Tenha também a Forbes no Google Notícias

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).