Filho do bilionário Ray Dalio morre em acidente de carro

Devon Dalio faleceu após perder o controle do automóvel e se chocar contra uma loja em um shopping center de Connecticut.

Sergei Klebnikov
Compartilhe esta publicação:
Reprodução/Forbes
Reprodução/Forbes

Ray Dalio soltou uma nota em sua conta do Twitter comunicando a morte do filho Devon

Acessibilidade


Devon, o filho de 42 anos do bilionário Ray Dalio, morreu em um acidente de carro em Greenwich, Connecticut, na última quinta-feira (17), confirmou a família.

Segundo as autoridades, o carro de Devon Dalio, um Audi, bateu em uma loja da Verizon em um shopping center antes de pegar fogo. A polícia disse ao “Hearst Connecticut Media” que aparentemente ele atravessou o estacionamento e perdeu controle antes de se chocar contra a loja. Quando os policiais chegaram na cena do acidente, às 15h50, a loja estava tomada por fumaça.

VEJA TAMBÉM: Morre Kalil Antonio Nasraui, fundador do Rei do Mate

As autoridades ainda estão investigando as causas do acidente, segundo a Associated Press. Nenhum funcionário da Verizon ficou ferido.

Ray Dalio, fundador da empresa de gerenciamento de investimentos Bridgewater Associates, confirmou a morte do filho em um tuíte postado na última sexta-feira (18). “Minha família e eu estamos de luto e processando o que aconteceu e gostaríamos de nos mantermos reservados por enquanto”, ele escreveu.

Inscreva-se para receber a nossa newsletter
Ao fornecer seu e-mail, você concorda com a Política de Privacidade da Forbes Brasil.

Ray Dalio é a 29ª pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna estimada em US$ 16,9 bilhões, segundo a Forbes. Ele é o mais rico do estado de Connecticut e doou mais de US$ 850 milhões para causas filantrópicas.

Segundo a página de Devon Dalio no LinkedIn, ele foi cofundador da P-Squared Private Equity e ex-gerente de projetos da Bridgewater Associates. Ele também estava envolvido em esforços filantrópicos, tendo sido membro do conselho da Fundação Dalio de sua família.

O governador de Connecticut, Ned Lamont, soltou uma nota dizendo que estava devastado com o acontecido. “Como pais, não podemos imaginar a dor da perda deles” e completou dizendo que “nossas preces estão com Ray e Barbara, pessoas importantíssimas para as crianças de Connecticut.”

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Siga Forbes Money no Telegram e tenha acesso a notícias do mercado financeiro em primeira mão

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Compartilhe esta publicação: