Executivos criam movimento para “ajuda mútua entre empresas”

GettyImages/ Henrik Sorensen
Movimento #VamosVirarOJogo busca promover a cooperação entre executivos e empresas para superar a crise econômica do coronavírus

Os desafios trazidos ao mundo pela pandemia de coronavírus são diversos. Um dos mais discutidos e preocupantes é o econômico, já que o isolamento social e o estado de quarentena desaceleram a demanda de diversos produtos e serviços. Empresas por todo o mundo estão reportando quedas de vendas e justificando o resultado ao estado de alerta causado pela Covid-19.

Dado esse cenário desafiador, os empresários César Souza (presidente e fundador do Grupo Empreenda), Alexandro Barsi (CEO e fundador da Verity) e Tiago Alves (CEO do grupo Regus no Brasil) lançaram o movimento #VamosVirarOJogo.

LEIA MAIS: Os 15 bilionários que mais fizeram doações para o combate à Covid-19

Sobre o objetivo do grupo, Tiago Alves explica: “Buscamos compartilhar as melhores práticas para esse momento e planejar o futuro do país para o pós-crise. Trabalhamos com inovação, compartilhamento de experiências e a ajuda mútua para que o país vire esse jogo”.

Dentre as organizações que já aderiram ao movimento estão nomes conhecidos do mundo dos negócios, como Carrefour, BASF, PwC e Usiminas.

Antonio Carlos Lacerda, vice-presidente sênior de Químicos, Produtos de Performance e Sustentabilidade da BASF lembrou da importância das ações conjuntas para justificar o apoio da empresa alemã ao movimento. “Somente em conjunto vamos conseguir enfrentar esse vírus e todos os males causados por ele. Podemos fazer com que nossas ações sejam multiplicadas exponencialmente, tenham um alcance muito maior e surtam efeito que possa ser notado mais rapidamente”, disse.

Apesar de ter em sua fundação empresários da iniciativa privada, o grupo se identifica como uma organização sem fins lucrativos e sem vínculos políticos, ideológicos ou partidários.

LEIA TAMBÉM: Auxílio a Estados e municípios prevê R$ 10 bi exclusivos para a saúde

O lançamento da hashtag do movimento ocorreu ontem (29) nas redes sociais e a expectativa, segundo os fundadores, é que mais empresas comecem a aderir à causa.

O grupo tem site (www.vamosvirarojogo.org), onde é possível cadastrar sua empresa e baixar o selo do movimento. No futuro, segundo Tiago Alves, o compartilhamento de informações e conteúdo comum das próprias participantes ajudará a entender como superar o momento difícil pelo qual o Brasil está passando.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).