Eli Lilly começa a testar em humanos tratamento contra Covid-19

GettyImages/ krisanapong detraphiphat
GettyImages/ krisanapong detraphiphat

Estudo inicial avaliará a segurança em pacientes hospitalizados; resultados são esperados até o fim de junho

A farmacêutica Eli Lilly disse hoje (1) que iniciou um estudo em estágio inicial para testar seu potencial tratamento para a Covid-19, o primeiro de um tratamento com anticorpos contra a doença.

A Lilly é uma das farmacêuticas e instituições de pesquisa que trabalham com vacinas, antivirais e outros tratamentos para ajudar pessoas infectadas com o coronavírus de rápido contágio, que já matou mais de 370 mil em todo o mundo.

LEIA MAIS: Rússia disponibilizará remédio contra Covid-19 na próxima semana

Um antiviral da Gilead chamado remdesivir mostrou alguma chance contra a Covid-19 e está sendo oferecido a pacientes por alguns países sob regras de uso compassivo ou de emergência.

A Lilly disse que seu estudo inicial avaliará a segurança e a tolerabilidade em pacientes hospitalizados com Covid-19 e os resultados são esperados até o fim de junho.

O tratamento experimental foi feito em colaboração com a AbCellera Biologics, com a qual a Lilly fez parceria em março.

O tratamento consiste em um anticorpo direcionado contra estruturas proteicas do vírus e foi projetado para impedir que ele se prenda às células humanas.

A farmacêutica disse que o tratamento foi desenvolvido após a identificação de uma amostra de sangue de um dos primeiros pacientes dos EUA que se recuperaram da doença pulmonar causada pelo coronavírus.

LEIA TAMBÉM: Jorge Paulo Lemann está entre os dez bilionários que mais ganharam na última semana

A Lilly disse que espera avançar para a próxima fase dos testes, estudando o potencial tratamento em pacientes com Covid-19 não hospitalizados, se a droga se mostrar segura.

A Rival Regeneron Pharmacuticals disse que planeja iniciar estudos clínicos em junho para testar o tratamento com coquetel de anticorpos para o coronavírus e pretende ter centenas de milhares de doses preventivas disponíveis até o fim de agosto. (Com Reuters)

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).