Empresário Nevaldo Rocha, da Riachuelo, morre aos 91 anos

Tomas Arthuzzi
Tomas Arthuzzi

Nevaldo Rocha, com o filho Flávio Rocha

O empresário Nevaldo Rocha morreu na noite de ontem (17), em casa, em Natal, capital do Rio Grande do Norte. O fundador do Grupo Guararapes, uma das principais empresas de moda do Brasil e dona da rede de lojas Riachuelo, tinha 91 anos. Ainda não há informações sobre a causa da morte.

Nevaldo Rocha nasceu em Caraúbas, no interior do Estado. Aos 18 anos, comprou uma relojoaria do patrão. Na década de 1940, abriu sua primeira loja de roupas, em parceria com o irmão Newton, batizada de A Capital.

LEIA MAIS: Flávio Rocha lidera campanha por maior protagonismo do empresariado no Brasil

Nos anos 1970, a empresa, já Guararapes, contava com duas fábricas. Em 1979, o empresário decidiu comprar as lojas Riachuelo.

Com duas fábricas no Nordeste, o Grupo Guararapes controla ainda a Transportadora Casa Verde, o shopping center Midway Mall (RN) e dois teatros Riachuelo (RN e RJ).

Nevaldo Rocha era viúvo e deixa três filhos: Flávio Rocha, Lisiane Rocha e Élvio Rocha.

Filhos de Nevaldo Rocha, Flávio e Élvio receberam, com a irmã Lisiane, as ações do pai na Guararapes. Flávio Rocha, colunista da Forbes, é o presidente do conselho de administração do grupo, composto por Élvio. Flávio aparece na 113ª posição entre os bilionários brasileiros, com R$ 2,88 bilhões, na lista divulgada em 2019.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).