Escritor espanhol Carlos Ruiz Zafón morre aos 55 anos

Divulgação
Divulgação

Nascido no ano de 1964, em Barcelona, Zafón passou a dedicar-se integralmente à escrita a partir dos anos 1990

O escritor espanhol Carlos Ruiz Zafón, autor de “A Sombra do Vento”, faleceu hoje (19), em sua casa em Los Angeles, Estados Unidos, em decorrência de um câncer. Em comunicado, a editora Planeta, responsável pela publicação da obra comentou: “um dos melhores romancistas contemporâneos nos deixou, mas continuará vivo entre nó por meio de seus livros”.

Nascido no ano de 1964, em Barcelona, Zafón passou a dedicar-se integralmente à escrita a partir dos anos 1990. Sua obra de estreia “O Príncipe da Névoa”, de 1993, foi considerado um dos seus melhores romances juvenis.

VEJA TAMBÉM: Empresário Nevaldo Rocha, da Riachuelo, morre aos 91 anos

Depois de Cervantes, Zafón é o escritor espanhol mais lido de todos os tempos. Sua obra de maior destaque, “A Sombra do Vento”, a primeira parte de uma saga de 4 livros, foi traduzida para mais de 40 idiomas e vendeu mais de 15 milhões de exemplares.

“A Sombra do Vento” foi selecionado em 2014 pela editora britânica Penguin Classics como um dos 26 “clássicos da literatura universal”.

Zafón foi um dos escritores de língua espanhola mais bem-sucedidos, comparado por críticos a Charles Dickens por seu estilo de escrita gótico e denso.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Inscreva-se no Canal Forbes Pitch, no Telegram, para saber tudo sobre empreendedorismo: .

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).