Uísque de estreia da Nc’nean é leiloado a US$ 53 mil

Nc'nean
Nc'nean

Fundadora da destilaria doou as primeiras dez garrafas do lançamento Ainnir para o site de leilões Whiskey Auctioneer

Annabel Thomas, fundadora e CEO da destilaria de uísque escocês Nc’nean, doou as primeiras dez garrafas do lançamento Ainnir para o site de leilões Whiskey Auctioneer. O valor obtido com a operação será destinado a cinco instituições filantrópicas que atuam em prol da comunidade vizinha à empresa, a ajudar o meio ambiente e à indústria hoteleira do Reino Unido, afetada pela pandemia do novo coronavírus.

A primeira garrafa do uísque de três anos foi vendida por £ 40.004 (US$ 53.100). É a primeira de cinco barris com 1.320 garrafas. As outras nove garrafas foram vendidas entre £ 4.500 e £ 5.000 (US$ 6.000 a US$ 6.600), também um resultado impressionante. O leilão arrecadou um total de £ 92.000 (US$ 122.000) e a Whiskey Auctioneer doou, inclusive, a sua comissão de leiloeiro para instituições de caridade. As demais garrafas de Ainnir foram colocadas em pré-venda para investidores e fãs da destilaria e se esgotaram em 36 horas.

LEIA MAIS: Os 11 uísques mais subestimados do mundo

Annabel contou que sua equipe está provavelmente mais surpresa do que qualquer um com o resultado do leilão: “Os últimos dias foram uma montanha-russa. Passamos as horas finais do leilão mandando mensagens e vendo os lances aumentarem com descrença. Não paramos de sorrir desde então.”

O fundador do Whiskey Auctioneer, Iain McClune, também se mostrou ficou satisfeito com a venda recorde. “Hoje é um dia emocionante. Quebrar o recorde mundial quatro vezes para um primeiro lançamento é grandioso. Arrecadar uma quantia tão substancial para a caridade também é incrível.”

A destilaria Nc’nean se destaca por outros motivos, além da iniciativa solidária. Com foco na sustentabilidade, seus primeiros lançamentos têm certificação de produto orgânico, enquanto a própria instalação é alimentada por energia renovável e 99,9% de todos os resíduos são desviados do aterro (com uma meta de atingir 100% no próximo ano). Além disso, o Ainnir usa garrafas feitas de vidro reciclado. Até mesmo os botânicos de seu excelente Botanical Spirit (um singular híbrido de uísque e gin) são especialmente selecionados.

Para Annabel, que deixou seu emprego em Londres em 2013 para construir a destilaria na costa oeste da Escócia, tudo isso é o início de um sonho para sua carreira no mundo do uísque. E ela garante mais lançamentos da Nc’nean após a estreia de sucesso. “Embora o esgotamento do engarrafamento inaugural tenha nos trazido uma grande confiança sobre o futuro de nosso produto, não altera os nossos planos. Sempre estivemos focados na produção de bebidas inovadoras e sustentáveis, ​​e isso apenas confirma que estamos no caminho certo. Teremos lançamentos mais emocionantes pela frente.”

Quanto ao nome da destilaria, “Nc’nean” é a abreviação de uma figura do folclore gaélico. Neachneohain, a Rainha dos Espíritos, era uma feiticeira, caçadora e protetora da natureza independente.

Siga FORBES Brasil nas redes sociais:

Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
LinkedIn

Participe do canal Forbes Saúde Mental, no Telegram, e tire suas dúvidas.

Baixe o app da Forbes Brasil na Play Store e na App Store.

Tenha também a Forbes no Google Notícias.

Copyright Forbes Brasil. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, impresso ou digital, sem prévia autorização, por escrito, da Forbes Brasil ([email protected]).